SILVIO SANO > NIPÔNICA: ARROZ COM FEIJÃO!!

Minha intenção era ter escrito sobre o Processo do Impeachment na Nipônica anterior, algumas horas antes, mesmo sem o resultado ainda em mãos. Mas pelo histórico de nossos políticos, preferi deixar para agora. Bingo!

Isto é, como milhões, acertei o resultado principal, mas não o inesperado… e inédito, por culpa desses nossos políticos somado à atitude do presidente da sessão, ministro Ricardo Lewandowski, que viera do Superior Tribunal Federal justamente para garantir isenção e o cumprimento da… Constituição Federal!!

Se bem que, sabemos como tem comportado a maioria deles, de lá, desde o Mensalão quando os holofotes das TVs (a partir da TV Justiça) passaram a se direcionar a eles. Ou seja, que em nome de um projeto de poder, perdem enorme chance de ficarem de bem com a História… e para com seus netos, bisnetos, etc.

Mas retomando, ao abordar tema mais leve, mas não tão leve assim, na Nipônica anterior (Exames de Habilitação… no Brasil), acabei por mostrar como esses exemplos vindos de cima repercutem na personalidade, já não tão exemplar, do cidadão comum brasileiro, do “levar vantagem em tudo”, da “malandragem” e do “deixar por isso mesmo”. Acompanhem.

Sobre o inesperado nesse Processo do Impeachment, não é preciso ser especialista jurídico para perceber o escandaloso erro já que se tratou apenas de nossa língua portuguesa. Está tão claro quanto um pedido de “Arroz COM feijão!!”. São dois pedidos ou um só?!!

O que diz a Constituição Federal a respeito: “Parágrafo único. Nos casos previstos nos incisos I e II, funcionará como Presidente o do Supremo Tribunal Federal, limitando-se a condenação, que somente será proferida por dois terços dos votos do Senado Federal, à perda do cargo, COM inabilitação, por oito anos, para o exercício de função pública, sem prejuízo das demais sanções judiciais cabíveis.”

“Ah! Mas no Senado há precedentes de jurisprudência de destaque no regimento interno!”, diriam alguns. Sim, é a resposta… no regimento interno, mas não na Constituição, além de esta estar acima do Senado, como o próprio ministro Ricardo Lewandowski, devido às pressões, agora… oras, já admite.

O problema é que ele, já com essa intenção, além de não ter feito a consulta aos senadores para o destaque, prosseguiu fazendo duas votações, da perda do cargo e inabilitação, como se duas penas fossem. E os senadores votaram!!… induzidos por chantagens sentimentais… como “não sejamos duros com a coitadinha” ou do “como viver com um salário de aposentada… de R$ 5mil?” Deu no que deu!

Até agora, mesmo não sendo especialista, só sei que meu pedido “Arroz com feijão” é um só mesmo que até venham em pratos separados. Não vou comer um e deixar o outro!

Agora, como a votação prosseguiu e foi aprovada, abrindo precedentes até de igual porte, como não especialista já não posso opinar, isso é lá com eles, mas será um castigo para nós se continuarmos aceitando aquela parte de nossa personalidade do… “deixar por isso mesmo”. Né, não?!!!

 

Arroz com feijão

É o que quero comer

E num prato só!

 

 

SILVIO SANO

SILVIO SANO

é arquiteto, jornalista e escritor.

E-mail: silvio.sano@yahoo.com
www.nikkeypedia.org.br/index.php/Silvio_Sano
SILVIO SANO

Últimos posts por SILVIO SANO (exibir todos)

     

    Related Post

    ERIKA TAMURA: Seminário de Universitários e Bolsis...   No último dia 26, fui convidada a participar do 1° Seminário de Universitários e Bolsistas no Japão, organizado pela SABJA (Serviço de Assis...
    SILVIO SANO > NIPÔNICA: FELIZ NATAL E ANO NOVO, BR... Nessa época do ano não há como evitar o clima natalício e de reflexões para um novo ano melhor. Hoje em dia, em tempo de informática, o tal chavão do ...
    KARAOKÊ: Seletiva de karaokê em Guararapes   Realizada em Guararapes no dia 31.7, classificaram as equipes de Lins e Bauru para o Yonsen Yuuko Taikai que ocorrerá em Presidente Prudente n...
    ERIKA TAMURA: Empregos no Japão Como estou agora no Brasil, as pessoas me abordam para perguntar especificamente sobre o mercado de trabalho  no Japão. Tenho respondido da seguinte...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *