SILVIO SANO > NIPÔNICA: E Yuka vence o melhor Paulistão de todos os tempos!

Ao menos para mim, que acompanho desde a 6ª edição, em São Caetano do Sul (2000), sem ter visto as cinco primeiras, esse XXIII Paulistão foi o melhor de todos!. E ouvi comentários idênticos de pessoas que participaram de todos, bem como de mais assíduas e muito mais fortemente vinculadas, como representantes regionais e cantores veteranos de longa data.

Aliás, não ouvi ninguém falar o contrário e nem, tampouco, que “também não foi tudo isso não!”, sinal de que não estou exagerando. Foi do agrado geral!

E não apenas porque cenário de palco e som estavam esplendorosos, elogiados por cantores e público, aos quais muitos alegariam favorecidos pela alta tecnologia atual que possibilita jogo de luzes e imagens associadas a cada música, porque a criatividade dos responsáveis no uso dos mesmos é que resultou em algo ao nível das referências japonesas.

Mas o comentário geral era também muito favorável à organização, evidenciada nos dois primeiros dias que começaram e se encerraram pontualmente conforme programação. Apenas o terceiro dia, devido às premiações gerais, que são muitas e, portanto, passíveis de imprevistos sofreu atraso. Mesmo assim, o auditório lotado até o anúncio final da grande campeã, Cintia Yuka Ozawa, comprovou que, de tão dinâmico e vibrante o evento, isso nem foi notado pelo público.

O segundo dia que costuma ser o grande complicador, devido à cerimônia oficial de abertura, correu esse risco, mas com a agilidade da eficiente equipe de apresentadores, liderados pelo experiente Shoji Takahata, a programação foi cumprida à risca. Aliás, equipe também bastante elogiada por todos terem conhecimento de ambas as línguas e dominarem bem suas tarefas.

Somados a isso, conforme já comentei em Nipônicas passadas relativas, pela gradativa evolução do evento, os próprios cantores têm querido participar, cada vez mais e melhor, do mesmo. Por isso se preparam muito, além de se produzirem, mesmo que lhes custem caros, pelo simples prazer de poderem participar.

Isso traz ótimas consequências, como a melhora da qualidade dos cantores, valorizando ainda mais a conquista de Yuka. O número de cantores considerados “fracos” tem diminuído muito, mas é impossível zerá-los num universo de mais de setecentos cantores.

E quando o evento é muito atraente, passa a ser objeto de desejo também de crianças… e, principalmente, dos pais. Foram 161, neste ano! A mais nova, Larissa Mei Okamoto, de 2 anos e 4 meses, na hora da premiação, indiferente a tudo, inclusive à própria conquista, teve de ser levada no colo para puxar a fila na saída de sua categoria.

Na verdade, no momento, a única categoria que ainda destoa é a do Pop, com apenas dezoito candidatos, o que forçou este vovô-escriba a também dela participar… rsrs, e, no palco, repetir apelo do sempre campeão, Kimio Suzuki, para que, principalmente os jovens, retornem à categoria…

À Comissão Organizadora, parabéns e taihen gokurousamadeshita!

 

No melhor de todos

Cintia Yuka é Grand Prix.

Mérito a Todos!

 

SILVIO SANO

SILVIO SANO

é arquiteto, jornalista e escritor.

E-mail: silvio.sano@yahoo.com
www.nikkeypedia.org.br/index.php/Silvio_Sano
SILVIO SANO

Últimos posts por SILVIO SANO (exibir todos)

     

    Related Post

    BEM ESTAR: Medo ou ceticismo As que sofrem de doenças incuráveis, normalmente não são de ordem física. Embora abandonadas pela medicina, aceitam essa situação, não buscam trata...
    AKIRA SAITO: CONCEITOS PARA VIDA TODA “Pessoas mudam, o mundo muda, mas existem coisas que precisam ser imutáveis”   Com a modernidade destes tempos, a coisa mais normal e compree...
    MEIRY KAMIA: O poder da transformação *por Meiry Kamia   Momentos de crise põem em xeque nossas crenças, hábitos, vitórias e certezas. No ideograma chinês, a palavra CRISE é for...
    ERIKA TAMURA: Hanamatsuri Há mais de 3 mil anos atrás, nas proximidades do monte Himalaia na India, vivia o rei Sudhowana e a rainha Maya. E, apesar de serem casados há muito t...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *