SILVIO SANO > NIPÔNICA: Manifestação de 15 de Março e… Elite Amarela

Muita gente deve estar estranhando porque dou tanta importância à comunidade nikkei participar das manifestações ligadas às questões nacionais. Na verdade, a razão é porque, quando perguntado sobre nacionalidade, o descendente nascido aqui costuma responder, por óbvio, que é brasileiro… apesar de a maioria conviver, desde cedo, com consanguíneos, naquilo que chamávamos de “panelinha”. Até aí tudo bem desde que abertos à integração com a sociedade brasileira como, por exemplo, participando também dessas manifestações… já que brasileiros!; e justificável porque o provérbio de que a união faz a força, ainda mais com afins, é verdadeiro, apesar do também implícito de que fracos juntos ficam fortes… rsrs.

Se só assim fosse, essa comunidade seria uma das mais fortes dentre as comunidades imigrantes no país pelas qualidades individuais (formação e caráter) e pelo inerente espírito voluntário no que se refere a trabalhos coletivos de forma até a cumprir papel importante nos rumos da Nação. Mas não é! Provas disso são, por exemplo: dificuldades que têm para elegerem representantes às Casas Egrégias em todas as eleições, mesmo com números explícitos (dos que apenas votam em nikkeis) e folgados para isso; desinteresse de governantes em comparecer a seus importantes eventos… fora das “épocas”; desinteresse e desprezo da própria comunidade em relação à sua maior entidade; desinteresse de multinacionais japonesas instaladas no país em prestigiar seus eventos… ou mesmo sua mídia; etc.

É o que costumo afirmar sobre tudo isso ter a ver apenas a um quesito: elemento integrador e engajador! A quem caberia essa missão senão às suas principais lideranças? Não basta se juntar para se ter a força, conforme indica simploriamente o provérbio. Há também de se organizar… e “ouvir humildemente”, para bem planejar. Simples assim!

Mas voltando à manifestação de 15 de março, conforme mostrou a ótima reportagem do chefe de redação, Aldo Shiguti, a comunidade nikkei compareceu bem e deu otimamente seu recado… individualmente, espontaneamente. Ou seja, não foi algo organizado igual ao, por exemplo, desfile no Sambódromo, pelas mãos do Victor e pessoal do IPK (Instituto Paulo Kobayashi), a ponto de repetirem a dose no desfile dos campeões, sendo até reparados pelo… Brasil! Daí, com holofotes, as principais lideranças estavam todas lá!

No entanto, na manifestação, isolados, não tinha como os nikkeis serem reparados e nem mesmo eu com minha bandeira japonesa (única naquele um milhão de pessoas) a não ser de forma pontual quando cheguei a ser até ovacionado. Imagine se fosse de forma organizada, com uma multidão de nikkeis juntos, sem bandeiras japonesas, mas portando faixas de apoio ao movimento? A comunidade ganharia muito mais respeito do que já tem perante o Brasil e repercussão igual ao do desfile. Né, não?

Agora, pergunte àquelas lideranças no Sambódromo (sala VIP) se algum deles chegou a cogitar dessa possibilidade ou se estiveram na manifestação? É, essa, a postura da “elite amarela”?

 

Vontade política

Em qualquer ajuntamento

Faz a diferença!

 

SILVIO SANO

SILVIO SANO

é arquiteto, jornalista e escritor.

E-mail: silvio.sano@yahoo.com
www.nikkeypedia.org.br/index.php/Silvio_Sano
SILVIO SANO

Últimos posts por SILVIO SANO (exibir todos)

     

     

    Related Post

    SILVIO SANO > NIPÔNICA: Por um Brasil melhor em 20...   A preocupação ao último artigo do ano, por especial, para colunistas é sempre penosa pelo fato de lidar com o grande público! A não ser ...
    JOJOSCOPE: Sweet Delícia A confeitaria japonesa tradicional é conhecida como wagashi (和菓子), mas a chamada “pâtisserie” ganha força no Japão, onde é conhecida como yôgashi (洋菓子...
    CANTO DO BACURI > Francisco Handa: Pecados do mund... Antes de iniciar a sua trajetória como diretor de cinema, Shohei Imamura foi auxiliar de Yasujiro Ozu, em obras como Tokyo Monogatari (Uma vez em Tóqu...
    ESOTÉRICO: Horóscopo da Semana (Previsões de 05 à ...   HORÓSCOPO   Áries (20 de março a 20 de abril) Este é um momento que revela inúmeras potencialidades. Será impossível desenvolver t...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *