SILVIO SANO > NIPÔNICA: Pedaço de mau caminho!

Por favor, não desvirtuem minha intenção porque só dei esse título devido a uma campanha do Bom dia, São Paulo (TV Globo) para chamar a atenção às mal feitas vias e passeios públicos da Capital. Cá pra nós, uma ambiguidade bem usada a essa expressão. Né, não?! E como se trata da emissora mais vista e em tempo de imagens, via Ipad, Iphone, Whatsapp, etc., todos os dias chovem cenas afins de todas as partes da cidade e, cada uma mostrando condições umas piores que outras.

Pois é, tão logo começou a campanha, ou seja, quando ainda nem tinha visto toda essa quantidade de imagens, já fui remetido ao que testemunhei no Japão, no período em que lá morei, mas que não dei bola porque já tinha escrito a respeito por situações pontuais, de momento. A campanha, na verdade, é uma extensão de uma sessão permanente no mesmo programa, chamada Tudo Anormal, bem mais ampla, que vai desde problemas em praças, telefones públicos, “gatos” (fiação), vazamentos de água, etc., até às próprias vias e passeios públicos. E permanente porque, se bem conhecemos os brasileiros, assunto jamais faltará a essa seção.

E também, como sempre, minha tecla batida acaba sendo a do… “se bem conhecemos os brasileiros”. Não foi à toa que, apenas neste ano, escrevi sobre Coisas ideais… aos outros, Ciclovias, Polêmica à Educação, O Meio faz o homem, Risco da banalização, Serviços públicos e até… Maioridade penal que, sintetizados, acabam batendo nessa mesma tecla!!

Por isso ficamos admirados quando os torcedores japoneses que vieram à Copa do Mundo deram aquele exemplo de cidadania ao recolherem todo o lixo que jogaram nos estádios, levados pela emoção das partidas; ou, bem como, com o comportamento dos japoneses sobreviventes do tsunami, nas filas por comida ou na relação interpessoal entre eles nesses trágicos momentos; ou ainda, da parte dos órgãos públicos, pela rapidez, eficiência e qualidade de seus serviços ao recuperar os danos provocados pela tragédia… quando deveríamos, isso sim, achar Tudo Normal.

Outra tecla que costumo bater é a da banalização de tudo isso, por nossa passividade, falta de expressão à nossa indignação e que acabam dando nos… “Ah, sempre foi assim”, “Não adianta reclamar”, ou até… “Ah, todo mundo faz”, etc. E tudo por conta de outra tecla: a santa impunidade!! Pensando bem, se formos nos aprofundar mais, acabaremos chegando num efeito dominó como causa de toda essa anormalidade cotidiana no país.

Por isso, vou parando por aqui no que se refere às causas já que consequências, muitas vezes, já as constatamos dentro de casa mesmo, sem nem mesmo sair à rua. Opa! De repente, fiquei com a impressão de que para transformarmos este país num grandioso Tudo Normal basta que cada um de nós pegue um baldinho com água e ajude aquele solitário passarinho a apagar o incêndio na floresta. Né, não?!

 

 

Tudo Anormal

Pedaço de mau caminho

Não quero pra mim!

 

 

SILVIO SANO

SILVIO SANO

é arquiteto, jornalista e escritor.

E-mail: silvio.sano@yahoo.com
www.nikkeypedia.org.br/index.php/Silvio_Sano
SILVIO SANO

Últimos posts por SILVIO SANO (exibir todos)

    Related Post

    SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: HISTORIA DE UMA IGREJA     O Padre Megumi Nakayama, da Igreja Lins V, é também responsável pela Igreja do Distrito de Guapiranga. Ele revelou o que pouco...
    ERIKA TAMURA: 5 ANOS PÓS TSUNAMI Se a vida é dividida em fatos marcantes, a minha com certeza tem um marco fundamental há 5 anos. Em 11 de março de 2011, o Japão passou por um fort...
    CANTO DO BACURI > Mari Satake: Mottainai Mottainai   A mãe dizia: Mottainai. Já bastava para saber que ela se referia ao resto de comida que tentavam deixar esquecido no prato. Min...
    SILVIO SANO: NIPONICA: Isadora Kataoka, a true lov... Na semana em que a atenção do Brasil voltava-se à prisão dos protagonistas do Mensalão, a minha tinha pequenos desvios a outra ocorrência bem meno...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *