SILVIO SANO > NIPÔNICA: Políticos nikkeis, kaikans, carnaval e… 15 de março

Na Nipônica de 22 de janeiro afirmei que considerava o Bunkyo e os kaikans, de modo geral, como responsáveis pelo desastre dos políticos nikkeis paulistas nas eleições do ano passado e em outras recentes. Como o artigo é postado no site Portal Nikkei antes de publicado no Jornal Nippak, no dia 21, enviei-a, via In Box (Facebook), a políticos nikkeis aos quais tenho acesso. Não foi em vão. Quatro me retornaram no próprio In Box e um, por e-mail, mais longamente.

No dia 1º de fevereiro, no concurso de karaokê da Kodomo no Sono, encontrei-me com o presidente do Bunkyo, Kihatiro Kita, a quem perguntei se tinha lido o artigo. Respondeu-me que não… com aquela carinha simpática de sempre. No dia 7, na abertura oficial do Paulistão de Karaokê, em São Caetano do Sul, encontrei-me com a maioria deles. Apenas um disse-me que não o tinha lido, mas ao lhe contar o escopo, deixou escapar: “Ah! Então foi por isso que fomos homenageados, ontem, pelo Bunkyo.”

Fiquei boquiaberto com a informação e com a conclusão dele!! Não sabia da homenagem. Daí, curioso, resolvi aguardar pela matéria relativa. “Afinar pontos de atuação de ambas as partes”, afirmação do presidente, foi o destaque no título da mesma, no JN. Não sei se tenho algo a ver, até porque, “quem sou eu?!”, conforme o amigo de um ex-vereador nikkei, certa vez, questionou minha capacidade formadora de opinião… mesmo tendo formado a dele em relação a mim… rsrs. Mas uma coisa eu sei: não é só com homenagens que se “afinam pontos de atuação mútuos”! Né, não?!

E já que fiz associações de forma cronológica… a seguir tivemos o Carnaval e com destaque à comunidade, protagonista em uma das grandes escolas de sambas do Grupo Especial (Águia de Ouro) tanto no enredo como pela participação de mais de 650 passistas nikkeis, o que, em princípio, poderia representar um risco à escola. Mas não foi! Fizeram bonito e contribuíram para que ela repetisse a boa colocação do ano anterior, ficando atrás apenas das tradicionais. Ah! E teve até um camarote Brasil-Japão, com a presença de pessoas ilustres como o vice-ministro das Relações Exteriores do Japão, o cônsul japonês de São Paulo, o presidente do Bunkyo, um político nikkei, Zico, etc., etc. Um sucesso!

E como isso se deu se as escolas costumam se preparar um ano inteiro ao desfile, sem contar os ensaios? Simples: engajamento!! Nesse quesito, a comunidade é forte quando se propõem mesmo a realizar algo. Atenderam ipsis litteris a escola!

Ué?! Então, como explicar as tragédias das eleições?

Boa pergunta… às ilustres pessoas daquele camarote. Aliás, e a estendo indagando-as se estavam lá pela causa (120 Anos do Tratado BR-JP) ou pelos holofotes. E mais, se fariam o mesmo a uma causa como a que está movendo a população brasileira à marcha nas ruas, no dia 15 de março, até porque, holofote também haverá… no sentido de que, uma presença maciça da comunidade, na certa, chamará a atenção da mídia… sem contar mais pontinhos perante a sociedade brasileira. Né, não?!

Aguardo-os, lá! Acorda… comunidade!!

 

“Afinar” é fácil,

Assim como desfilar.

Quero ver: marchar!!

 

 

=====================================================================

silvio-nippak

Silvio Sano

é arquiteto, jornalista e escritor. E-mail: silvio.sano@yahoo.com

www.nikkeypedia.org.br/index.php/Silvio_Sano

=========================================================================

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

ERIKA TAMURA: Daniel Yuiti Matsumoto e o Beisebol ...   O início de março pode ser considerada uma data muito importante para o beisebol brasileiro. A seleção adulta principal do Brasil está no Ja...
AKIRA SAITO: O PODER DE ENSINAR   “Aquele que busca ensinar através de seus exemplos na prática, jamais deixará de aprender”     Na língua japonesa chama-se de...
ERIKA TAMURA: A inflexibilidade do povo japonês Várias vezes pensei em escrever sobre esse tema, mas sempre acabava protelando. Agora acho que chegou a hora de discutir o assunto. O Japão é u...
SILVIO SANO > Nipônica: Moradores de rua letrados Nesta semana, tendo de ir ao Poupatempo da Sé, fui de metrô. Da estação até lá tive ainda de fazer boa caminhada e grande parte subterrânea. Fiz esse ...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *