SILVIO SANO > NIPÔNICA: Por um Brasil melhor em 2017… tcs!… tcs!

 

A preocupação ao último artigo do ano, por especial, para colunistas é sempre penosa pelo fato de lidar com o grande público! A não ser que já tenhamos algo em vista, do tipo “pintou no ar”… ou “é isso!”,  o que fazemos é um balanço do ano à cata de tema a desenvolver.

Até chegou a “pintar no ar” um tema para mim, mas não de forma contundente como um… “é isso!” E já estava para descarta-lo quando ocorreu o trágico acidente aéreo com o time da Chapecoense, na Colômbia.

Na verdade, não foi bem o acidente que me fez retomá-lo, mas a causa principal, da falta de combustível! O pior é que, em relação a isso, só ouvi referência a pão-durismo do proprietário da LaMia, ao que não concordei, porque para mim se tratava, isso sim, de IDIOTICE! Pão-durismo, além de assassino, seria se não fosse ele próprio o piloto. Mesmo tendo tido sucesso em quatro vezes anteriores com combustível no limite, não se trata de esporte radical.

O que tem a ver com meu tema? Tudo! Porque mal feito, em qualquer atividade, pode levar à morte a personalidade individual… se vergonha na cara tiver, bem entendido. Por isso nossos políticos, modo geral, não estão nem aí a seus mal feitos…  com o que falam de si… ou aos familiares.

Meu tema “pintou” logo após a enorme cratera em uma avenida de grande circulação no Japão ser consertada em uma semana. Não me era muito convincente devido ao risco de cair no lugar comum da comparação Japão/ Brasil. Com a tragédia me decidi, e outro fato, igualmente lamentável, semana passada, que me forçou deslocamento de carro até minha cidade natal, a 550 km de São Paulo, consolidou minha decisão ao passar por rodovias estaduais sob concessão, em boas condições… para Brasil… rsrs.

Ou seja, sou a favor da desestatização para… tudo! Única maneira capaz de burlar a personalidade do brasileiro que pende ao desde a do “idiota” acima, passando pelo “levar vantagem” e “jeitinho” até à falta do auto respeito, que fazem com que simples vazamento de água na rua, calçada malfeita, asfalto esburacado… mas também estouro de barragens, como a da Samarco, tornam-se banais para nós. Né, não?!

A Operação Lava-Jato fez aflorar toda essa dimensão! Esse papo de que “corrupção sempre existiu”, não cola! Lógico que sempre existiu, mas não sua exacerbada instituição que, de tão banalizada dentre políticos e empresários poderosos, acabou contaminando até quem não pensava assim no começo de suas carreiras. Agora, terão também de pagar o preço pela “distração”.

Que a partir de 2017, as instituições públicas, agindo exemplarmente, tragam de volta políticos idealistas… tcs!… tcs!, assim como cidadãos que se auto respeitam… tcs!… tcs!, por um Brasil melhor… tcs!… tcs!

Eu acredito!! Acredito?… tcs!… tcs!

 

O mal do Brasil

É o cidadão brasileiro

Que não se respeita!

 

SILVIO SANO

SILVIO SANO

é arquiteto, jornalista e escritor.

E-mail: silvio.sano@yahoo.com
www.nikkeypedia.org.br/index.php/Silvio_Sano
SILVIO SANO

Últimos posts por SILVIO SANO (exibir todos)

     

    Related Post

    AKIRA SAITO: NOSSOS DESCENDENTES “Mais do que apenas educação acadêmica, o futuro precisa de pessoas melhores”   Quantos de nós nos perguntamos se a educação que damos a noss...
    MEMAI: PESQUISA | PESQUISADORAS LANÇAM LIVRO SOBRE... Capa do livro. Imagem: divulgação. Está disponível para download o livro Dô – Caminho da arte – Do belo do Japão ao Brasil ,  organizado pelas pes...
    MUNDO VIRTUAL: Uma prática perigosa Nudez está deixando de ser algo absolutamente reservado: têm sido vistas diversas notícias de pessoas que usam seus celulares para tirar fotos de sua ...
    SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: JAPÃO, 70 ANOS: ESQUECEMOS A...   A Revista Piauí, de fevereiro, traz um ampla reportagem a respeito do evento, sob o título “Sexo depois da guerra”, na Alemanha, Itália,...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *