SILVIO SANO > NIPÔNICA: PRA QUE 25 DE MARÇO?!

Aproveitando que estava de folga Hiroaki aceitou o convite de Mário para ir até a “25 de Março” para fazerem compras. Como moravam perto de estação do Metrô, resolveram ir por esse meio de transporte, bem mais prático, mesmo com pacotes nas mãos.

— Apesar do horário até que o trem tá cheio. Né, Hiro?

— Ainda bem morar perto do ponto final, senom nem sentar — concordou Hiroaki enquanto se ajeitava para pegar seu smartphone.

De repente, sentiu depositarem sobre seu joelho algo enrolado em um papelzinho. Levantou a cabeça, mas o rapaz já estava longe repetindo o gesto às demais pessoas também sentadas.

— Não ligue, Hiro! Ele apenas tá vendendo balas ou chicletes. Pelo papelzinho pode ser que seja para alegar que é mudo — Mário o tranquilizou — É uma tática para não dar tempo de reação. Nem eu que sabia, evitei… rsrs.

Pouco depois o rapaz retornou para recolhê-los. Algumas pessoas aceitaram e o pagaram, mas a maioria não. Ambos, Mário e Hiroaki, devolveram sem nem ler o que estava escrito.

— Isso não tem no Japão. Né, Hiro? — arriscou Mário.

Nom… Mas nom ser proibido?

— É… E daí pra eles? — Mário respondeu sorrindo.

Minutos depois Hiroaki achou que alguém estava gritando ao longe… e estava:

Bom dia, Pessoal! Desculpe incomodá-los. É que tenho algo espetacular pro seu smartphone! Um acessório que transforma a lente de sua câmera em lente grande angular. Olha aí! Ao tirar uma selfie quase não apareço, mas com ele até minhas pernas aparecem. A colocação é simples. Custa só R$ 10,00! Opa! O patrão vai querer? Vou te ajudar a montar…”

Hiroaki voltou-se para Mário no momento em que o rapaz se dirigia ao primeiro comprador. E com o cenho já franzido, questionou:

— Até isso?

— E tá barato — Mário ironizou.

— É… Tá… — Hiroaki concordou, também rindo.

— Provavelmente é contrabandeado… ou roubado — Mário vaticinou.

Ambos riram, inclusive pessoas próximas que também ouviram esse comentário.

A seguir, sem que aquele rapaz ainda tivesse saído do vagão, entrou outro e, com isso, suas falas altas acabaram se sobrepondo.

Olá, minha gente. Seus documentos de identidade estão ficando velhos ou amassados?Tenho aqui a solução! Porta-documento, padrão Poupatempo! Veja só. Cabe aqui seu RG, sua carteira de motorista… e por apenas R$ 2,00. Quem vai querer?”

Abismado, Hiroaki olhou para Mário, que não se conteve a nova rodada de risadas, além dos comentários de vizinhos.

— Vixi! Tá parecendo feira ambulante!

— Como deixam entrar?

— Ao menos não estão roubando…

— É. Incomodam um pouco, mas também precisam trabalhar.

— Só que podiam fazer isso nas ruas onde também passa muita gente.

Etc., etc.

Hiroaki virou-se para Mário e mostrou ter entrado no clima:

— Se ficar dia inteiro no vagão, não mais precisar ir até “25”. Né, Mário?!

Ambos, mais os vizinhos, já iam começar a rir quando entram no vagão dois rapazes portando violões e começam a cantar.

— Opa! Agora sim, tá melhor que na “25”!! — Hiro completou.

Como a dupla cantava música conhecida dele, cantarolou junto… baixinho.

 

Feira ambulante!

É só ficar sentadinho

Que eles virão!!

 

SILVIO SANO

SILVIO SANO

é arquiteto, jornalista e escritor.

E-mail: silvio.sano@yahoo.com
www.nikkeypedia.org.br/index.php/Silvio_Sano
SILVIO SANO

Últimos posts por SILVIO SANO (exibir todos)

     

     

    Related Post

    COMUNIDADE: Homenagens marcam os 55 anos de fundaç... Uma cerimônia singela, mas repleta de significados – como destacou o presidente José Kanashiro – marcou os 55 anos de fundação da União Cultural e Esp...
    BEM ESTAR: Para estar de bem consigo Normalmente, quando vemos alguém sorrindo, temos a impressão de que essa pessoa é encantadora, simpática e agradável de se juntar a ela. Nós não so...
    JORGE NAGAO: Zoo Ilógico   Larissa Luiza, afiada afilhada de 10 anos, nos levou ao Zoo. Lógico que é um belo passeio pois a criança das novidades não se cansa e nós, a...
    SILVIO SANO > NIPÔNICA: … flagrando     Não é bem uma estreia visto que já tive uma seção apenas de charges. Mas só a charge ocupando o espaço da Nipônica sim, até co...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *