SILVIO SANO > NIPÔNICA: QUARTA-FEIRA DE CINZAS… E 15 DE MARÇO!

Literalmente, é nesta quarta que estou escrevendo a Nipônica. Se bem que, muito bem antes de os foliões acordarem… alguns para ainda “pegarem no batente”, trabalharem. Não sou folião, nem acompanhante pleno dos desfiles, mas sempre gostei de ver as como as escolas se portam, além de buscar as reportagens a respeito porque trazem flashes dos destaques e flagrantes de inesperados.

O deste ano, em São Paulo, ainda atraiu um pouco mais porque a comunidade nipo-brasileira estava presente e a relação Brasil-Japão como protagonista em uma das fortes escolas, a Águia de Ouro, com o tema 120 Anos do Tratado de Amizade Brasil-Japão. Afora isso, tinha conhecimento da participação de outros nikkeis em mais duas escolas (Acadêmicos do Tatuapé e Vila Maria), mesmo que sem o mesmo destaque.

Em vista disso, acabei por acompanhar de forma mais profunda, pela primeira vez, o Carnaval em todo o país! Da parte da comunidade e, portanto, naturalmente envolvida desde muito antes e que que se portou a contento durante, tanto que a escola repetiu a boa colocação do ano anterior (4º lugar) e perdendo apenas para três das grandes, não há muito do que se falar, a não ser que saiu às ruas, ou mais precisamente, ao Sambódromo… e sala VIP, com o mesmo entusiasmo que vi por todo Brasil mostrado pela mídia.

Mesmo com grande parte da população preferindo o descanso dos campos ou das praias, ainda assim foi possível ver a enorme multidão que saiu às ruas nesse Carnaval. Milhões de pessoas, às vezes em uma só cidade, como em Recife devido ao tradicional bloco Galo da Madrugada, cuja expectativa era de 2,5 milhões de foliões! Só lá!

Pois é, participei de duas passeatas pós eleições, das pacíficas (diferentemente das dos arruaceiros que não trabalham!), aos sábados, com a maior delas tendo… só!, 30 mil pessoas… e já me empolguei muito pelo clima cívico e de indignação dentre os manifestantes, devido ao momento trágico em que o país está passando. Daí, vendo essas multidões fazendo o mesmo, mas por simples farra, não dá para não refletir a respeito. Não que seja contra, pelo contrário, já participei de carnavais de rua e em uma comemoração por um título mundial de futebol  até caí do capô de um carro onde estava sentado com nossa bandeira nas mãos, em plena Av. Indianópolis. Ou seja, uma coisa é uma coisa e… outra coisa é outra coisa!!

Nesse interim muita coisa ocorreu mundo afora, mas me restringirei ao Brasil. Bem, aqui, um empreiteiro, do caso Petrolão, confirmou propina a José Dirceu e o ministro da Justiça Eduardo Cardoso… ah!, o ministro (?), mostrou a que veio!! Daí, naturalmente, a chamada à passeata… pacífica, do dia 15 de março, domingo, se intensificou. Será que os mesmos milhões que saíram às ruas, nesses 4 dias, não só repararam nisso como atenderão ao apelo cujo objetivo é ao bem deles próprios? Máscaras de Graça Foster e Cerveró foram muito usadas. Saberiam por quê? Isso vale também aos nikkeis que são tão brasileiros quanto… Né, não?!

 

País da folia,

Até da Piada Pronta

Mas… consciência limpa!

 

=====================================================================

silvio-nippak

Silvio Sano

é arquiteto, jornalista e escritor. E-mail: silvio.sano@yahoo.com

www.nikkeypedia.org.br/index.php/Silvio_Sano

=========================================================================

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

JORGE NAGAO: “ÁGUANIA”   Paulo Massato Yoshimoto, diretor da Sabesp: "Nossa engenharia está correndo contra o relógio" (Divulgação) Do site da veja.abril.com.br ...
AKIRA SAITO: SIMPLESMENTE REALIZE “A vida é contada pelos atos que você realizou e não pelos que com alguma justificativa deixou passar”   Tudo em nossa vida tem seu grau de i...
MEIRY KAMIA: Perdi o emprego, e agora? Perder o emprego é, para alguns, uma experiência desesperadora. São contas para pagar, preocupações, vergonha, medo de não se recolocar rapidamente, e...
LEGISLAÇÃO por FELÍCIA HARADA: DO SIMPLES DOMÉSTIC... A Lei Complementar nº 150 de 1º de junho de 2015. publicada no dia 2 de junho de 2015, instituiu o regime unificado de pagamento de tributos, de contr...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *