SILVIO SANO > NIPÔNICA: Repercussão do Kurabu na vida do praticante

Já comentei sobre os kurabu (clubes) nas escolas japonesas, atividades extracurriculares que alunos do Ensino Fundamental têm de praticar, até para preencherem o período integral que cumprem naquele país. E que acaba ocorrendo também aos do Médio, àqueles que não trabalham.

Sempre achei que deveríamos adotar essa prática em nossas escolas. No Fundamental, a partir da 3ª série do 1º grau, os alunos têm de optar por algum kurabu e praticar a atividade relativa ao mesmo. Como o do futebol, voleibol, basquetebol, natação, etc.; assim como na música, algum instrumento. Tem até rádio, cujos alunos passam a ser os responsáveis por noticiar os acontecimentos da escola. Interessante. Né, não?!

E o bacana é que, mesmo ascendendo ao 2º grau, quase sempre optam pelos mesmos kurabus, o que contribui para que fiquem cada vez melhor naquilo que praticam. Daí porque alguns prosseguem frequentando kurabus no Médio ou mesmo no Superior.

Frequentar significa praticar. E esses costumam ser aplicados e dedicados. Testemunhei isso quando os do kurabu de futebol da Universidade de Nagoya, onde estudei em 1985, ao descobrirem que era brasileiro, convidaram-me a fazer parte do time, o que me levou a participar até da Copa do Imperador! Mas isto é outra história… rsrs.

Trouxe o fato porque, para ir ao campo de treino do time, tinha de atravessar o bosque do campus universitário e, no caminho, não me cansava de ver, atrás de um prédio, de uma árvore, no meio de arbustos, etc., alunos de música, com seus instrumentos, os mais variados, ensaiando algo. Por isso nunca me surpreendi ao ver orquestras por todo país serem compostas por músicos jovens.

Assim como não me surpreendi com a excepcional qualidade do grupo musical Ichimujin que veio semana passada ao Brasil, como parte de uma turnê em busca do Grammy. E não me surpreenderão se o conquistarem!

Agora, cá pra nós, confesso, não fui exclusivamente para vê-los, mas para prestigiar os amigos brasileiros que também participariam do mesmo. Fui duplamente compensado!

 

SILVIO SANO

SILVIO SANO

é arquiteto, jornalista e escritor.

E-mail: silvio.sano@yahoo.com
www.nikkeypedia.org.br/index.php/Silvio_Sano
SILVIO SANO

Últimos posts por SILVIO SANO (exibir todos)

     

    Related Post

    SILVIA IN TOKYO: RANKING DE MÚSICA (05/10/2015) TEMA DO FILME ATTACK ON TITAN OCUPA O TOPO DO RANKING DE MÚSICA       “SOS”, o tema do filme Attack on Titan, liderou as ve...
    JORGE NAGAO: Engenharia ou enxada?   Essa foi a pergunta que o irmão mais velho de Kokei Uehara lhe fez diante de sua insistência em fazer o curso de Medicina em vez de Enge...
    ERIKA TAMURA: Inveja alheia Todas as vezes que escrevi no jornal, fiz questão de ressaltar o lado batalhador e humano dos brasileiros que vivem aqui. Mas nos últimos meses acont...
    HIDEMITSU MIYAMURA: O ofurô e o missoshiru   Quando era criança e morava no interior costumava ser chamado por brasileiros de “Ei! Japonês”. Toda vez que era chamado assim, eu me sentia...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *