SILVIO SANO > NIPÔNICA: Sinal amarelo… outra vez!

niponica32

Acabei de ler artigo de um colunista que também se mostrou preocupado com esse marasmo geral do país em relação às Eleições. Digo também, porque já afirmei o mesmo em Nipônicas anteriores, mas relativo à comunidade nipo-brasileira. Ele se mostrou preocupado porque achava que após a Copa as atenções seriam então voltadas às Eleições. Ledo engano… e perigoso, segundo ele próprio, porque o PT, aproveitando-se dessa apatia geral, incentivava os votos nulos e brancos. Mas isto é outra história… ou a mesma.

No caso da comunidade, em que à minha última Nipônica até dei o título de Sinal Amarelo, é que existem interessados em candidatos nipo-brasleiros que sejam eleitos, mas não se mobilizam para isso. O eleitor não se interessar, ainda, é uma coisa, mas as associações de modo geral e, principalmente, aquela… agir com tal passividade, não dá para entender. Neutralidade… alegam!

Neutralidade é pra jornalista! Por exemplo, no futebol, sou corintiano, mas nada me impede de escrever favoravelmente aos adversários, como já o fiz em um especial a Pelé, em artigo elogiando o Palmeiras mesmo perdendo um Mundial no Japão e em ilustrações de gols tanto pró São Paulo como pró Palmeiras; na política, não falo bem nem mal de políticos, mas quando escrevo ou chargeio é porque fui estimulado (“provocado”) pelos próprios sendo favorável ou não apenas uma consequência; e da mesma forma me comporto em relação à comunidade da qual faço parte… como faço agora… rs.

As associações, algumas até para sobreviverem, necessitam realizar eventos (karaokês, bingos, yakissobas, etc.) que implicam em custos e riscos. O mesmo vale àquelas mais representativas (ao menos teoricamente) que realizam eventos para manterem viva a chama da cultura japonesa neste país multicultural de proporções muito maiores e custos idem. O que lhes garantem, ou têm garantido, maior conforto para essas realizações são exatamente as emendas parlamentares trazidas por seus representantes políticos nas Casas Egrégias. Né, não?! Mas se não estiverem mais lá, como quase têm ocorrido nas recentes eleições?

Na última, por São Paulo, até devido a isso, escrevi que os dois candidatos que, a muito custo, viabilizaram as comemorações do centenário tinham sido injustiçados ao não serem eleitos. E logo após, fiz esta charge mostrando que outro, de mansinho, em sprint final, quase sem apoio da comunidade, chegara lá… além de outra, da mesma forma, por seu combate à violência urbana. Ainda bem, né, comunidade? Como um daqueles ainda pegou suplência e por isso de quando em quando lá, a comunidade ainda pode respirar nesses quatro anos. Mas até quando?

 

Sinal amarelo,

Que eu saiba, é de alerta

E já ocorreu…

 

=====================================================================

Silvio Sano

é arquiteto, jornalista e escritor. E-mail: silvio.sano@yahoo.com

www.nikkeypedia.org.br/index.php/Silvio_Sano

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

HAICAI BRASILEIRO O Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô...
SILVIO SANO > NIPÔNICA: Assistencialismo… co... O PT ainda se gaba de algo que não foi bem o partido que criou (Bolsa-Família) e por ter tirado milhões de brasileiros da miséria... segundo critério ...
AKIRA SAITO: HONRAR SEUS PRINCIPIOS “A honra está na dignidade do percurso e não somente na chegada”   Nos dias atuais, seja pelas reportagens de TV, Rádio ou Internet, ou mesmo...
MUNDO VIRTUAL: Postaram imagens minhas na interne...   Começo o ano de 2017 com o nítido sentimento de que a tecnologia irá acelerar ainda mais a participação em nossas vidas, e que os problemas ...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *