SILVIO SANO > NIPÔNICA: TRÊS EVENTOS COMPLETAMENTE DIFERENTES… MAS NEM TANTO

 

Pois é, no início de minhas pesquisas sobre a imigração japonesa ouvia muito falar que, no passado (?), bastava juntar três “japoneses” para logo criarem um kaikan (clube). Como já conhecia o trabalho coletivo de nossos consanguíneos considerava essa atitude positiva no sentido do se juntar para se fortalecer, para conquistar, para integrar… até que um dia, eu “cresci”… rsrs.

Já usei esse final de parágrafo em uma Nipônica, lá no comecinho, com intuito de me desligar da infância fantasiosa e ideal para me remeter à nossa realidade… a verdadeira! Bom, essa introdução foi apenas para justificar o título acima, após participar, semana passada, de três eventos  completamente diferentes… mas nem tanto, pelo vínculo que encontrei entre eles relacionado à personalidade do nikkei, do que me mudar a impressão que tinha sobre geração de alguns kaikans.

Bom, o primeiro, no dia 1º de maio, foi o da cerimônia de posse do novo presidente da União Paulista de Karaokê (UPK), Elzo Sigueta, que por se tratar, teoricamente, de mera formalidade, poderia até ter sido meio “chatinha”. Mas não foi porque o “espírito kaikan” quase baixou lá. E não passou desapercebido. Na hora dos discursos, um dos políticos presentes, ou seja, uma pessoa de fora do ambiente do karaokê, aproveitando o próprio nome da entidade, lembrou que “picuinhas” é que costumam criar desagregações… “Como, até, criar um kaikan?”, pensei… rsrs. E como, para mim, picuinhas são atitudes de pessoas físicas e não jurídicas, joguei esse argumento no ar… “ali nas bandas”, e fui me sentar. Não sei como se deu, mas no fim, teve até abraços e beijos…. sei, sei.

O segundo evento, no mesmo dia, foi a excelente palestra de técnica vocal e interpretação das eficientes e queridíssimas professoras, além de irmãs, Elsa Fuchimi e Tereza Kato. Mesmo sabendo o quão são queridas fiquei surpreso ao ver o auditório totalmente lotado, mas igualmente com o comentário de uma das coordenadoras de que ambas estavam preocupadas em relação à vinda de interessados. Isso me remeteu, por exemplo, à entidade do karaokê, visto que se trata de, praticamente, um serviço de utilidade pública aos praticantes dessa modalidade. Não seria interessante o caso de algo como uma parceria? Promove a entidade e ainda livra-as desse tipo de preocupação preliminar. Né, não?

O último, foi o Festival de Música Kitsuwa, da professora Yasue Kitsuwa. Fui lá de curioso, por ter visto vídeos recentes de sua banda, no Youtube, e os achado ótimos. Sabia que seria nesse domingo, mas não sabia onde. Para saberr fui ao lugar que achava certo: agenda no site da UPK. Não estava! “É que não é um taikai, mas um festival”, respondeu-me a sensei à minha questão sobre não tê-lo colocado lá. Daí, completei: “Mas é um evento de karaokê e dos bons… tinha de estar naquela agenda”. E realmente foi muito bom, visto que para curtição, sem jurados e, portanto, sem competição, descontraído e de formato diferente até no layout do auditório. Muito bacana!

Agora, cá entre nós, acertei ou não… no título?

 

 

 

Silvio Sano

é arquiteto e escritor. E-mail: silviossam@gmail.com

 

 

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

SANTO ANDRÉ: Santo André promove 10º ‘Festival Tan...   A Sociedade Cultural ABC de Santo André (Bunka Santo André) realiza neste fim de semana (19 e 20), em sua sede, no bairro da Vila Assunção,e...
MEMAI: KOTOBA | A ROSA DE FUKUSHIMA   Um pequeno monumento para os foragidos de Fukushima em Namie. Foto: Damir Sagolj/Reuters     A cada dia são detectados n...
AKIRA SAITO: SER, UMA QUESTÃO DE ESCOLHA   “Todo sonho parece impossível até ser realizado”     Muitos dizem ter sonhos, mas na prática parece que poucos acreditam ou v...
SILVIO SANO: Voto pilantra!   Caro leitor eleitor. Permita-me dirigir-te assim pelo óbvio, devido ao momento, semana derradeira para sufragar seu voto para tentar chamar ...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *