SOFTBOL: Esporte confirma crescimento em MG

A equipe de softbol do BH Capitals realizou uma série de amistosos (adulto misto) em Belo Oriente – cidade próxima à Ipatinga, em Minas Gerais. Realizados entre os dias 21 e 22 de março, os Jogos da Amizade foram promovidos pela ANBI (Associação Nipo-Brasileira de Ipatinga) e contou com a presença dos times mineiros de Ipatinga e Belo Horizonte e do capixaba Vitória – o que mostra que o esporte também “tem vida” além do eixo São Paulo-Paraná.

BH Capitals reuni nikkeis, afros e brancos (foto: cedida)

 

De acordo com os coordenadores do BH Capitals, os duelos foram emocionantes “confirmando que o esporte só tende a crescer em Minas Gerais”. O BH Capitals é formado por jogadores que conheceram e praticaram o softbol na infância, no Japão, Cuba, Venezuela e nos Estados Unidos e também em outros locais pelo Brasil.

Mais do que um time, em princípio, são um grupo de amigos e familiares. As atividades tiveram início em julho de 2011, em um campinho de futebol.

BH Capitals também mantém um time de beisebol para a garotada (foto: Landon Whigth)

 

Passados alguns meses, a equipe foi “apadrinhada” pela Associação Mineira de Cultura Nipo-Brasileira (AMCNB), que colocou o time na pasta da diretoria de esportes, sendo parte do quadro de atividades da entidade.

As cores do time são amarela, preta e branca – dependendo do ponto vista fazem certa alusão aos integrantes do time, composta por nikkeis, afro-descendentes e brancos, o que desmistifica o pensamento que esse é um esporte que só “os japoneses praticam”.

Atualmente o BH CAPITALS treina softbol (adulto misto) recreativo aos domingos e beisebol infantil com as crianças carentes da comunidade do Jardim Canadá, em Nova Lima (RMBH) de forma voluntária e gratuita.

Jogos da Amizade contou com a participação de times de MG e do ES (foto: cedida)

 

 

Ideiais – O intuito é promover e difundir o esporte na região, mostrando que com o esporte além de se exercitar e divertir pode crescer como pessoa, respeitando e cooperando com seus companheiros de time e com isso carregar esses ideais além do esporte.

BH Capitals busca democratizar o softbol e o beisebol (foto: Landon Whight)

 

Apesar de todas as dificuldades, o BH Capitals é uma equipe sem fins lucrativos. Para sobreviver, conta com vários colaboradores que acreditam no time e em seus ideais, que contribuem de diversas maneiras, seja em patrocínio, logística ou manutenção de website. Desta maneira o BH Capitals busca democratizar o beisebol e o softbol.

Mais informações sobre o BH Capitals podem ser obtidas com Emi Kyouho (que enviou esta matéria para o Jornal Nippak) no e-mail: emiky@msn.com e nos telefones: (31) 3267-1230/ (31) 8461-3462.

Podem também visitar e curtir a página no Facebook: www.facebook.com/bhcapitals e no website: e www.bhcapitals.com .

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

ESPORTES: Nippon Country Club promove palestra ben... O técnico da seleção brasileira feminina de vôlei, José Roberto Guimarães, fará uma palestra beneficente no Nippon Country Club no dia 7 de maio abord...
NIPPAK PESCA: Vocabulário na pesca II   Continuando o assunto da edição passada, segunda parte do linguajar característico dos pescadores. Muitas das palavras continuam em ingl...
‘MÔNICA PARADE’: Nikkeis participam de Intervenção...   A partir de hoje (8), quem andar pelas ruas da capital vai se surpreender ao encontrar esculturas da Mônica totalmente personalizadas, difer...
ESPECIAL/18º FESTIVAL DO JAPÃO: Miss Nikkey Brasil... Suzana Yosino Simões, paranaense da cidade de Londrina, 20 anos, estudante de direito na UEL (Universidade Estadual de Londrina) e maquiadora profissi...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *