SUMÔ: Sudoeste conquista título pelo 8º ano consecutivo; Brasileiro define representantes para o Mundial de Hong Kong

 

A Confederação Brasileira de Sumô realizou nos dias 21 e 22, no Ginásio de Sumô do Conjunto Esportivo e Cultural Brasil-Japão (antigo Estádio Municipal de Beisebol Mie Nishi), no Bom Retiro, em São Paulo, o 51º Campeonato Brasileiro Masculino, 15º Campeonato Brasileiro Feminino, 17º Campeonato Sul-Americano Feminino e 5º Campeonato Sul-Americano Feminino.

 

Equipe Sudoeste conquistou os titulos no masculino e no feminino (foto: Aldo Shiguti)

 

No Sul-Americano, o destaque ficou por conta da participação inédita de uma delegação da Venezuela. Na disputa por equipes, a Venezuela ficou em segundo no feminino e em terceiro no masculino.

Entre as mulheres, as venezuelanas subiram no pódio em todas as categorias, sendo que em três pesos – médio, com Ofélia Barrios, e pesado, com Maria Cedeño – foram no lugar mais alto.

A “estrela” da equipe foi Maria Ceñedo, que conquistou os títulos nas categorias Pesado e Absoluto enquanto no masculino, seu compatriota, Juan Castro, ficou com a medalha de ouro na categoria Pesado – o venezuelano não competiu na Absoluto por motivo de contusão.

Na final da categoria Pesado, Maria Cedeño, de 1,75 m e 175 quilos, a paranaense Janaína Silva, de 150 quilos, fizeram um dos confrontos mais aguardados pelo público. No final, a venezuelana levou a melhor e ficou com o título. Na Absoluto, foi a vez da leve Luciana Watanabe medir forças contra Cedeño, e mais uma vez a vitória ficou com a Venezuelana.

 

Issao Kagohara, Victor Kobayashi e Morio Tsuchiya (foto: Aldo Shiguti)

 

À reportagem do Jornal Nippak, Maria Cedeño, de 23 anos,não escondeu sua alegria e disse estar muito emocionada. Praticante de sumô há apenas três meses – é adepta também do sambo (luta russa que utiliza técnicas do judô, jiu-jistsu e luta livre olímpica) – Cedeño afirmou que seu desempenho em território brasileiro a credencia a continuar seguindo em frente.

Janaína, que este ano não teve a companhia da irmã, Jaqueline – não participou por motivos particulares – explicou que fez uma boa luta, “mas faltou um pouco mais de força”. “Era o dia dela”, admitiu ela, que faturou o primeiro lugar nas categorias pesado e absoluto do 5º Campeonato Sul-Americano Feminino.

Quem teve motivos para comemorar foi o brasileiro Mario Frabetti. Segundo colocado no Campeonato Brasileiro, na categoria Absoluto – perdeu para seu companheiro de equipe, Alan Galvão – Frabetti deu a volta por cima conquistou o título do Absoluto do Sul-Americano.

“Estava triste comigo mesmo porque não lutei bem nos últimos Campeonatos Brasileiros. Desta vez fico feliz porque, mesmo perdendo o Brasileiro, tenho consciência que lutei bem e perdi para um grande adversário”, disse Frabetti que garantiu não estar chateado por ficar ausente do Mundial. “Queria lutar bem. Ir ou não é conseqüência”, explicou o atleta.

 

Competição foi um marco para o sumô brasileiro (foto: Aldo Shiguti)

 

 

Brasileiro – No Campeonato Brasileiro, a equipe da Sudoeste foi soberana tanto no masculino como no feminino. No masculino, a Sudoeste conquistou a primeira colocação ao somar 63 pontos. No feminino, a equipe sagrou-se campeã com 39 pontos. No domingo, o ponto alto da competição foi a realização da seletiva para os Campeonatos Mundiais Júnior e Adulto, que acontecem em outubro, em Hong Kong, na China.

 

Premiação do Torneio Por Equipes Adulto Feminino (foto: Aldo Shiguti)

 

Para o Mundial Júnior, carimbaram os passaportes os atletas Thamires Aparecida Gonzáles dos Santos (leve), da Nova Central; Dorotéia da Costa (médio), da Sudoeste; Luana Dellamura (pesado), do Paraná; Thuanny K. Cabral Damas (absoluto), Nova Central; Luiz Eduardo M. Pinho Júnior (leve), Pará; Matheus Gabriel C. dos Santos (médio), Norte; Lucas Aburaya (pesado), São Paulo; e Rui Aparecido de Sá Júnior (Absoluto).

Na categoria adulto, foram selecionados: Luciana Watanabe (leve), Nova Central; Fernanda Rojas Pelegrini (médio), Sudoeste; Talita Castro (pesado), Paraná; Janaína Silva (absoluto), Paraná; Genílton Tibúrcio da Silva (leve), Sudoeste); Ricardo Aoyama (médio), Nova Central; William Takahiro Higuchi (pesado), São Paulo; e Alan Galvão (absoluto), Sudoeste.

Tanto para os veteranos quanto para os novatos, a ansiedade de representar o Brasil no Campeonato Mundial é a mesma. Luiz Eduardo Motta Pinho Júnior, que fará sua estréia em uma competição internacional, disse que a expectativa “é buscar o primeiro lugar”.

Mais experiente, Fernada Rojas se prepara para seu segundo Mundial. Apesar de considerar a seletiva deste ano “mais tranqüila”, Fernanda explicou que “todo cuidado é pouco quando está em jogo uma vaga para o Mundial”. “Este ano estava mais focada, me dediquei mais e pude me preparar melhor”,afirmou a atleta, que conquistou o tricampeonato Brasileiro na categoria médio.

 

Dona Tieko Shimomoto e Hatiro Shimomoto (foto: Aldo Shiguti)

 

Sobre o Mundial, Fernanda conta que o objetivo é intensificar o treinamento. Segundo ela, as principais adversárias devem ser as de sempre, ou seja, as do leste europeu, “sem desmerecer as asiáticas”. “Sei que não será fácil por isso tenho que estar preparada”, afirmou.

Com cinco Mundiais e um World Games na bagagem, Takahiro Higuchi é um dos atletas mais experientes do país. “No Mundial só vou pegar pauleira. Lá, os caras são muito fortes mesmo. O negócio é ir, rezar um pai nosso e ver no que vai dar”, brincou o atleta, que lamentou a ausência do juvenil Bruno Cavalcanti, do ABC, na lista para o Mundial. “Fiquei chateado por ele porque o Bruno é um dos atletas mais dedicados que conheço”, disse.

 

(Aldo Shiguti)

 

 

 

Confira os resultados do 51º Campeonato Brasileiro Masculino, 15º Campeonato Brasileiro Feminino, 17º Campeonato Sul-Americano Feminino e 5º Campeonato Sul-Americano Feminino

 

51º Campeonato Brasileiro Masculino

Individual

 Mirim: 1) Yuuki Sato (Rio Grande do Sul), 2) Fernando Borri (Sudoeste), 3) Matheus Moura (Sudoeste), 3) Isamo Sato (Rio Grande do Sul);

Infantil: 1) Matheus da Cruz (Norte), 2) Vitor Camargo (Norte), 3) Rodrigo Nakamura (Grande ABC), 3) Edwin Taves (Sudoeste);

Juvenil: 1) Rui de Sá Júnior, 2) Alisson Salles (Norte), 3) Jhony C. Pólo (Paraná), 3) Bruno Cavalcanti (Grande ABC);

Adulto Leve: 1) Genílton Tibúrcio (Sudoeste), 2) Namerson Tibúrcio (Sudoeste), 3) Anderson Santos (Sudoeste), 3) Cristiano Mori (Sudoeste);

Adulto Médio: 1) Ricardo Aoyama (Nova Central), 2) Cássio Gomes (Paraná), Yoshihiro Higuchi (São Paulo), 3) David Morais (Paraná);

Adulto Pesado: 1) Takahiro Higuchi (São Paulo), 2) Sergio Gomes (Norte), 3) Gabriel Vieira (Santo Amaro), 3) Ricardo Koga (Nova Central);

Adulto Absoluto: 1) (Alan Galvão), 2) Mario Frabetti (Sudoeste), 3) Takahiro Higuchi (São Paulo), 3) Ricardo Aoyama (Nova Central)

 

Por Equipes:

Mirim: 1) Sudoeste, 2) Rio Grande do Sul, 3) Nova Central, 3) Norte;

Infantil: 1) Sudoeste, 2) Nova Central, 3) Rio Grande do Sul;

Juvenil: 1) Paraná, 2) Sudoeste, 3) Grande ABC, 3) Norte;

Adulto: 1) Sudoeste, 2) Paraná, 3) Rio Grande do Sul, 3) Sudoeste “B”

 

Contagem geral:

Campeã: Sudoeste (63 pontos), Vice: Paraná (28), 3) Norte (22), 4) Nova Central (19)

 

 

15º Campeonato Brasileiro Feminino

Individual

Mirim:1) Camila Fukushima (Sudoeste), 2) Anne Pires (Sudoeste), 3) Juliana Furtado (Sudoeste), 3) Thainá Rocha (Nova Central);

Infantil: 1) Jaqueline Rodrigues (Sudoeste), 2) Larissa Maciel (Sudoeste), 3) Naomy Elizabeth (Paraná), 3) Renata Gomes (Paraná);

Juvenil: 1) Thuanny Cabral (Nova Central), 2) Dorotéia Costa (Sudoeste), 3) Thais Hilário (Sudoeste);

Adulto Leve: 1) Luciana Watanabe (Nova Central), 2) Joyce Bezerra (Nova Central), 3) Jéssica Rocha (Norte), 3) Daiana Suzi (Sudoeste);

Adulto Médio: 1) Fernanda Rojas (Sudoeste), 2) Aparecida Lima (Nova Central), 3) Josefa Cavalcante (Nova Central), 3) Bárbara Basílio (Paraná);

Adulto Pesado: 1) Janaina Silva (Paraná), 2) Talita Martins (Paraná), 3) Natany Brisola (Sudoeste), 3) Ana Carolina Santos (São Paulo);

Adulto Absoluto: 1) Janaína Silva (Paraná), 2) Fernanda Rojas (Sudoeste), 3) Luciana Watanabe (Nova Central), 3) Joyce Bezerra (Nova Central)

 

Por Equipes:

Adulto: Nova Central, 2) Paraná, 3) Paraná “B”, 3) Sudoeste

 

Contagem geral:

Campeã: Sudoeste (39 pontos); Vice: Nova Central (34); 3) Paraná (25); 4) Norte (2)

 

 

17º Campeonato Sul-Americano Masculino

Individual

Leve: 1) Namerson Tibúrcio (BRA), 2) Cristiano Mori (BRA), 3) Gabriel Wakita (ARG), 3) Genilton Tibúrcio (BRA);

Médio: 1) Ricardo Aoyama (BRA), 2) Rodrigo Larregle (ARG), 3) David Moraes (BRA), 3) Cássio Gomes (BRA);

Pesado: 1) Juan Castro (VEM), 2) Sergio Gomes (BRA), 3) Takahiro Higuchi (BRA), 3) Sebastian Paunero (ARG);

Absoluto: 1) Mario Frabetti (BRA), 2) Ricardo Aoyama (BRA), 3) Alan Galvão (BRA), 3) Takahiro Higuchi (BRA)

 

Torneio Por Equipes

Adulto: 1) Brasil, 2) Argentina, 3) Paraguai

 

Contagem geral de pontos:

1) Brasil (46), 2) Argentina (13), 3) Venezuela (5), 4) Paraguai (4)

 

 

5º Campeonato Sul-Americano Feminino

Individual

Leve: 1) Luciana Watanabe (BRA), 2) Milaydi Chrinos (VEN), 3) Martina Cabot (ARG), 3) Moira Santilan (ARG);

Médio: 1) Ofélia Barrios (VEN), 2) Naiara Hernandes (ARG),3) Fernanda Rojas (BRA), 3) Yasseny Castilho (VEN);

Pesado: 1) Maria Cedeño (VEN), 2) Janaina Silva (BRA), 3) Talita Martins (BRA), 3) Natanny Brisola (BRA);

Absoluto: 1) Maria Cedeño (VEN), 2) Luciana Watanabe (BRA), 3) Fernanda Rojas (BRA), 3) Janaina Silva (BRA)

 

Torneio Por Equipes

Adulto: 1) Brasil, 2) Venezuela, 3) Argentina

 

Contagem geral de pontos:

1) Brasil (31 pontos), 2) Venezuela (20), 3) Argentina (13)

 

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

MANAUS/AM: Semana da cultura japonesa é promovida ...   A cultura japonesa é reverenciada no mundo inteiro, tanto pela culinária, quanto pelas vertentes populares, que não se resumem somente a ani...
SOFTBOL: Nikkei Curitiba é heptacampeã Brasileira ...   Nikkei Curitiba heptacampeã (Foto: Nelson Yajima)   Com uma vitória sobre Maringá por 5 a 2, a categoria mirim do Nikkei de Curi...
CULTURA: Fundação Japão promove Teatro Kyogen em j... A Fundação Japão em São Paulo realiza duas apresentações de teatro Kyogen, com atores japoneses integrantes da Companhia Shigeyama de Kyoto, no mês de...
INDAIATUBA: ‘Indaiatuba Matsuri’ unifica festas pa... A Acenbi (Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Indaiatuba) realiza nesta sexta, sábado e domingo (7, 8 e 9), no Pavilhão da Víber, o “In...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *