SUMÔ: Sul-Americano define equipe para o World Games na Polônia

O “veterano” Willian Takahiro Higuchi acabou sendo a grande surpresa do 21º Campeonato Sul-Americano Masculino de Sumô, realizado pela Confederação Brasileira de Sumô e Federação Sul-Americana de Sumô no último domingo (16), no Ginásio de Sumô do Complexo Esportivo Brasil-Japão, no Bom Retiro, em São Paulo. “Taka”, como ele é carinhosamente chamado pelos colegas, conquistou os títulos nas categorias Pesado e Absoluto derrotando, na final, o brasileiro Rui Aparecido de Sá Junior e o argentino Sebastian Videla, respectivamente.

 

Cerimônia de abertura do Sul-Americano realizado no Ginásio de Sumô do Bom Retiro. Foto: Aldo Shiguti

Cerimônia de abertura do Sul-Americano realizado no Ginásio de Sumô do Bom Retiro. Foto: Aldo Shiguti

 

“Fiquei surpreso porque não ia nem competir. Depois que me casei com a Luciana [Watanabe], decidimos que eu ficaria cuidando mais de casa para que ela pudesse se dedicar mais ao esporte, até por conta do Projeto ‘Lutas como Forma de Educação – Sumô’”, explica Taka, que acabou participando por conta da desistência de um atleta na pré-seletiva. “Fui convidado pela Comissão Técnica porque senão eles teriam que refazer as chaves, mas vinha treinando normalmente aos sábados e domingos com o Yoshinobu Kuroda e o Kiyoshi Shimozaki”, disse o campeão, que na final da categoria Pesado derrotou seu “algoz” nos últimos dois anos, o paranaense Rui Júnior.

 

Willian Takahiro Higuchi foi o destaque da competição. Foto: Aldo Shiguti

Willian Takahiro Higuchi foi o destaque da competição. Foto: Aldo Shiguti

 

Com o resultado, Takahiro Higuchi carimbou o passaporte para o World Games 2017, que será realizado na cidade de Wrocław, na Polônia.

 

Brasil mantém hegemonia no Sul-Americano de Sumô. Foto: Aldo Shiguti

Brasil mantém hegemonia
no Sul-Americano de Sumô. Foto: Aldo Shiguti

 

No masculino, Cristiano Mori (Leve) e Flávio Tooru Kosahira (Médio) foram os outros brasileiros que conquistaram uma vaga para a competição, que acontece a cada quatro anos – a última edição foi realizada em 2013, em Cáli, na Colômbia. Entre as mulheres, Luciana Watanabe (Leve), Daniela Oliveira (Médio) e Sara Gomes (Pesado) também se classificaram.

 

Atletas da Argentina e Paraguai. Foto: Aldo Shiguti

Atletas da Argentina e Paraguai. Foto: Aldo Shiguti

 

Simultaneamente ao 21º Campeonato Sul-Americano Masculino, que contou com a participação da Argentina, Brasil, Paraguai e Venezuela, foi realizado também a nona edição do Campeonato Feminino, com atletas brasileiras e venezuelanas.

No Torneio Por Equipes, o Brasil ficou em primeiro no masculino e no feminino. No Torneio Individual Feminino, destaque para as lutadoras venezuelanas Yaseny Castilho e Maria Cedeño, campeãs, respectivamente, nas categorias Médio e Pesado. Cedeño, aliás, com seus 160kg, protagonizou uma cena inusitada ao perder sua luta para a brasileira Juliane Barbosa, do Peso Leve, na categoria Absoluto. Por “descuido”, a venezuelana acabou pisando fora da linha e dando a vitória para a brasileira.

 

Delegação da Venezuela. Foto: Aldo Shiguti

Delegação da Venezuela. Foto: Aldo Shiguti

 

Para a brasileira Luciana Watanabe, a disputa em sua categoria, a Leve, foi “bastante equilibrada”. “Acima até do que eu esperava”, disse a atleta, afirmando que “prevaleceu a experiência”. Campeã na categoria Absoluto – que não dá vaga para o World Games – a médio Fernanda Rojas lamentou. “Treinei muito visando essa competição, infelizmente não deu. Vou continuar trabalhando porque essa é apenas uma etapa”, explicou.

 

Equipe do Rio Grande do Sul. Foto: Aldo Shiguti

Equipe do Rio Grande do Sul. Foto: Aldo Shiguti

 

Incidente – A nota triste foi o incidente envolvendo o atleta do Rio Grande do Sul, Gustavo Rinaldi, que quebrou o pé e precisou ser hospitalizado. Ele passou por uma cirurgia e teve alta na terça-feira (18).

 

Cônsul Geral do Japão em São Paulo, Takahiro Nakamae prestigiou o evento. Foto: Aldo Shiguti

Cônsul Geral do Japão em São Paulo, Takahiro
Nakamae prestigiou o evento. Foto: Aldo Shiguti

 

Abertura – Quem marcou a presença no ginásio foi o cônsul geral do Japão em São Paulo, Takahiro Nakamae, além dos vereadores reeleitos Aurélio Nomura (PSDB) e George Hato (PMDB), o deputado estadual Jooji Hato (PMDB) e o presidente de honra da CBS, Hatiro Shimomoto.

 

Presidente de honra da Confederação Brasileira de Sumô, Hatiro Shimomoto. Foto: Aldo Shiguti

Presidente de honra da Confederação Brasileira de Sumô, Hatiro Shimomoto. Foto: Aldo Shiguti

 

Em “portunhol”, o cônsul pediu para que os atletas mantenham o intercâmbio mesmo com o término da competição, “considerando que se trata de uma competição que visa não apenas o lado técnico como também o espiritual”.

 

Issao Kagohara discursa durante a abertura. Foto: Aldo Shiguti

Issao Kagohara discursa durante a abertura. Foto: Aldo Shiguti

 

Já o líder da bancada do PSDB na Câmara Municipal, vereador Aurélio Nomura, disse que, “dos esportes que têm alcançado grau técnico de premiação, o sumô é um dos que mais evoluíram. “É  hora de investirmos mais no sumô, que, apesar de todas as dificuldades encontradas, vem crescendo e cumprindo efetivamente o papel de integrar os países. Além dos laços de amizade, o sumô traz à baila os ensinamentos e valores dos nossos antepassados, como disciplina, respeito e lealdade, que devem ser seguidos à risca”, frisou Nomura.

 

O vereador Aurélio Nomura parabeniza os atletas e dirigentes. Foto: Aldo Shiguti

O vereador Aurélio Nomura parabeniza os atletas e dirigentes. Foto: Aldo Shiguti

 

 

Vereador George Hato também parabenizou atletas e dirigentes. Foto: Aldo Shiguti

Vereador George Hato também parabenizou atletas e dirigentes. Foto: Aldo Shiguti

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

     

     

    04 01 02 03

    Related Post

    BEISEBOL: Nikkey de Marília é campeã da Taça Brasi... A categoria Infantil do Nikkey de Marília sagrou-se campeã da 23ª Taça Brasil de Beisebol Interclubes 2015 ao derrotar, na final, a equipe de Maringá ...
    NIPPAK PESCA: 2015 ano da Cabra!!! Conforme o calendário chinês, o ano da Cabra (de madeira) inicia no dia 19 de Fevereiro de 2015 e traz para o período: harmonia, equilíbrio e quietude...
    TÊNIS DE MESA: Profissionalismo e dedicação marcam... Com apenas dois anos de experiência em organização de etapas da Liga Nipo-Brasileira de Tênis de Mesa, a ACEAS Suzano realizou, no último dia 3, uma d...
    SOCIAL: Confederação Brasileira de Sumô realizou a...   Campeonato - A Confederação Brasileira de Sumô realizou a 52ª edição do Campeonato Brasileiro, 16º Campeonato Feminino e Torneio da Amizade ...

    One Comment

    1. Buena tu nota periodistica. Saludos fraternos desde Venezuela. Tomara possa prestigiar o prossimo Sulamericano na Venezuela 2017. Grande abraçao pra ti Aldo

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *