TÊNIS DE MESA: 66ª edição do Intercolonial deve reunir cerca de 800 atletas em Maringá neste fim de semana

Neste fim de semana (de 22 a 24), a cidade de Maringá (PR) vai se transformar na capital nacional do tênis de mesa com a realização da 66ª edição do Campeonato Brasileiro Intercolonial. A competição, que acontece no Ginásio de Esportes da Acema (Associação Cultural e Esportiva de Maringá), deve reunir cerca de 800 atletas de 16 regiões do país em 28 categorias, da pré-pré-mirim a mega veterano, numa espécie de “esquenta” para os Jogos Olímpicos Rio 2016.

 

Considerada a maior competição da América Latina, Intercolonial reúne atletas de 7 a 83 anos (Foto: divulgação)

Considerada a maior competição da América Latina, Intercolonial reúne atletas de 7 a 83 anos (Foto: divulgação)

 

É a quinta vez que Maringá será sede de uma das competições mais tradicionais e antigas da comunidade nipo-brasileira. Este ano, a missão estará a cargo do Departamento de Tênis de Mesa da Acema, que têm à frente Atílio Hashimoto, Dalton Matsumura, Jane Miura e Osvaldo Matsumura. “Maringá passa a ser a cidade que mais sediou o evento”, explica o coordenador geral da Comissão Organizadora do Intercolonial, Marcos Yamada.

“É uma alegria receber atletas de todo o território nacional em Maringá. A competição certamente incentivará a prática do tênis de mesa na cidade”, destacou o secretário municipal de Esportes e Lazer, Francisco Favoto.

 

Para os mesa-tenistas, evento serve de “ponto de encontro” (Foto: divulgação0

Para os mesa-tenistas, evento serve de “ponto de encontro” (Foto: divulgação0

 

Para Marcos Yamada, o segredo da longevidade da competição pode ser traduzido em números. “Caso não limitássemos as inscrições, seguramente passaríamos de 2 mil jogadores”, destaca Yamada, lembrando que todas as regionais realizam suas seletivas em setembro. Ele atribui o sucesso a vários fatores. “Trata-se da única competição que tem sua galeria de campeões desde 1951, o único que possui uma revista do evento e que mantêm o tradicional desfile de abertura e também o único que realiza sorteio com três meses de antecedência”, conta Yamada, que aponta ainda outro diferencial: “Não temos premiação em dinheiro. Para os jogadores, o prêmio mais cobiçado é inscrever seu nome na galeria de campeões”, explica ele.

 

Campeões da edição passada, na cidade paulista de Marília, posam para a tradicional foto (Foto: divulgação)

Campeões da edição passada, na cidade paulista de Marília, posam para a tradicional foto (Foto: divulgação)

 

Outro “charme” e que torna o Intercolonial uma das competições mais aguardadas pelos atletas é o clima de confraternização. “Como é realizado apenas uma vez por ano, o Intercolonial acabou virando um ponto de encontro, uma oportunidade de rever os amigos”, diz Yamada, afirmando que “muitos jogadores que não participam de campeonatos ao longo do ano fazem questão de estar presente no Intercolonial”. “É uma grande festa do tênis de mesa, com direito a Jantar de Confraternização onde todas as regionais são obrigadas a participar do concurso de karaokê”, conta o coordenador, explicando que “todos os jogadores que se projetaram no cenário nacional começaram no Intercolonial”. “Foi assim com Hugo Hoyama e muitos outros”, diz Yamada, acrescentando que a partir de 2007 foi instituída a categoria Livre para os não descendentes de japoneses atendendo uma recomendação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

     


     

     

     

    66º Campeonato Brasileiro Intercolonial de Tênis de Mesa

    Quando: De 22 a 24 deste mês (sexta, sábado e domingo)

    Onde: Ginásio de Esportes da ACEMA: Avenida Kakogawa, 50 – Parque das Grevilhas

    Informações pelo telefone:

    44/3263-5433

     

     


     

     

     

    OS MAIORES VENCEDORES

     

    18 títulos: Marlene Takahashi;

    17: Silney Yuta e Toshimi Nakashima;

    15: Emiko Takatatsu, Monica Doti, Ricardo Inokushi, Sachie Zenin e Toshio Chikaraishi;

    14: Antonio Kimura e Hideko Takemura;

    13: Tadao Kudo;

    11: Claudio Kano e Cleusa Taguchi

     

     


     

     

    PROGRAMAÇÃO

    DIA 22 (Sexta-Feira)

    08H30: Categorias: Pré-Pré-Mirim; Pré-Mirim; Mirim; Infantil; Juvenil; modalidade “equipes”.

    13H: Categorias: Hiper Veterano, Hiper Lady, SSVeterano e SSLady;  “equipes”

    16H: Duplas (Masculina/Feminina e Mista + Duplas da Categoria Livre)

    17H: Congresso Técnico II

    19H: Categoria : Adulto e Juventude Masculino – modalidade “Individual”.

     

    DIA 23  (Sábado)

    08H: Desfile de abertura – Categorias: Juventude, Adulto, até Super-Veterano, modalidade “equipes”.

    13H: Categorias: Pré-Pré-Mirim, Pré-Mirim; Mirim, Infantil, Juvenil, modalidade “individual”

    20H: Jantar de Confraternização

     

    DIA 24  (Domingo)

    08H: Categorias: Adulto fem, até Mega-veterano – modalidade “Individual”.

     

    Torneio de Consolação nas categorias: Pré-Pré-mirim Pré-mirim e Mirim.

     

    Torneio Aberto LIVRE

    09H30: Final da categoria adulto masculino e início da Categoria Especial

    08H: Finais Individuais das categorias INICIANDO pelo Pré-Pré-mirim a Juventude

     

    *Programação sujeita a alteração sem aviso prévio

     


     

     

    TODOS OS CAMPEÕES

     

    1951 – Haruo Mitida (Geral Masculina)

    1952 – Hideto Kobayashi (GM)

    1953* – Hideto Kobayashi (Geral Masculina)/ Hiroko Takadati (Geral Feminina)

    1954 – Garces Yabuzaki (GM) / Hiroko Takadati (GF)

    1955 – Hideto Kobayashi (GM) / Hiroko Takadati (GF)

    1956 – Garces Yabuzaki (GM) / Hiroko Takadati (GF)

    1957 – Yoshizumi Hirazaki (GM) / Hatsuko Takahashi (GF)

    1958 – Yoshizumi Hirazaki (GM) / Miyoko Hirazaki (GF)

    1959 – Yoshizumi Hirazaki (GM) / Emiko Takatatsu (GF)

    1960 – Toshita Otani (GM) / Aiko Nakata (GF)

    1961 – Yoshizumi Hirazaki (GM) / Emiko Takatatsu (GF)

    1962 – Yoshizumi Hirazaki (GM)/ Emiko Takatatsu (GF)

    1963 – Yoshizumi Hirazaki (GM)/ Emiko Takatatsu (GF)

    1964 – Yoshizumi Hirazaki (GM) / Emiko Takatatsu (GF)

    1965 – Sérgio Furuyama (GM) / Miyoko Hirazaki (GF)

    1966 – Joel Kawashita (GM)/ Emiko Takatatsu (GF)

    1967 – Sérgio Furuyama (GM) / Luiza Yokomizo (GF)

    1968 – Joel Kawashita (GM)/ Emiko Takatatsu (GF)

    1969 – Joel Kawashita (GM) / Helena Sato (GF)

    1970 – Jiro Takahashi (GM)/Emiko Takahashi (GF)

    1971 – Tomohiro Yara (GM)/Ivone Kakuda (GF)

    1972 – Ricardo Inokushi (GM))/Emiko Takatatsu (GF)

    1973 – Ricardo Inokushi (GM)/Emília Toyofuku (GF)

    1974 – Tomohiro Yara (GM)/Rosa Ohara (GF)

    1975 – Nelson Ogassawara (GM))/Harumi Akamatsu (GF)

    1976 – Ricardo Inokushi (GM)/Harumi Akamatsu (GF)

    1977 – Ricardo Inokushi (GM)/Sueli Yamada (GF)

    1978 – Ricardo Inokushi (GM)/Harumi Akamatsu (GF)

    1979** – Ricardo Inokushi (Especial Masculina) / Otávio Ogassawara (GM) / Elizabeth Noda (GF)

    1980 – Ricardo Inokushi (EM) / Cláudio Kano (GM) / Mariza Suguiyama (GF)

    1981 – Ricardo Inokushi (EM) / Nelson Ogassawara (GM) / Harumi Akamatsu (GF)

    1982 – Cláudio Kano (EM) / Cláudio Kano (GM) / Yuki Tanaka (GF)

    1983*** – Marcos Yamada (GM) / Sandra Noda (GF)

    1984 – Ricardo Inokushi (EM) / Kenji Marui (GM) / Akiko Sato (GF)

    1985 – Ricardo Inokushi (EM) / Fumihiro Takahashi (GM) / Mariza Suguiyama (GF)

    1986 – Cláudio Kano (EM) / Silney Yuta (GM) / Suely Otake (GF)

    1987 – Ricardo Inokushi (EM) / Silney Yuta (GM) / Monica Dotti (GF)

    1988 – Fumihiro Takahashi (EM) / Toshimi Nakashima (GM) / Monica Dotti (GF)

    1989 – Silney Yuta (EM) / Silney Yuta (GM) / Miyo Fujii (GF)

    1990 – Cláudio Kano (EM) / Fábio Takahashi (GM) / Miyo Fujii (GF)

    1991 – Hugo Hoyama (EM) / Fábio Takahashi (GM) / Monica Dotti (GF)

    1992 – Cláudio Kano (EM) / Fabio Okano (GM) /Monica Dotti (GF)

    1993 – Cláudio Kano (EM) / Daniel Kage (GM) / Lyanne Kosaka (GF)

    1994 – Issamu Kawai (EM) / Marcio Shimabukuro (GM) / Lyanne Kosaka (GF)

    1995 – Cláudio Kano (EM) / Massaki Kawaguchi (GM) / Miriam Nishimori (GF)

    1996 – Issamu Kawai (EM) / Akira Nishide (GM) / Aily Murashigue (GF)

    1997 – Silney Yuta (EM) / Toshimi Nakashima (GM) / Miriam Nishimori (GF)

    1998 – Fábio Okano (EM) / Hugo Hanashiro (GM) / Eugênia Taira (GF)

    1999 – Fábio Okano (EM) / Hideo Yamamoto (GM) / Patrícia Ono (GF)

    2000 – Hugo Hoyama (EM) / Fernando Umeda (GM) / Suzana Ogawa (GF)

    2001 – Hugo Hanashiro (EM) / Ivan Uchimura (GM) / Kelly Nagaoka (GF)

    2002 – Cazuo Matsumoto (EM) / Cazuo Matsumoto (GM) / Tatiana Kurihara (GF)

    2003 – Silney Yuta (EM) / Akira Chikaraishi (GM) / Juliana Nagata (GF)

    2004 – Hideo Yamamoto (EM) / Rafael Shimizu (GM) / Monica Dotti (GF)

    2005 – Gustavo Tsuboi (EM) / Daniel Uchimura (GM) / Kelly Nagaoka (GF)

    2006 – Gustavo Tsuboi (EM) / Hugo Suzuki (GM) / Carina Murashigue (GF)

    2007 – Hugo Hanashiro (EM) / Diogo Kosaka (GM) / Carina Murashigue (GF)

    2008 – Hugo Hanashiro (EM) / Mauricius Nonaka (GM) / Claudia Ikeizumi (GF)

    2009 – Hideo Yamamoto (EM) / Silney Yuta (GM) / Mariany Nonaka (GF)

    2010 – Hideo Yamamoto (EM) / Rafael Shimizu (GM) / Karin Sako (GF)

    2011 – Rafael Shimizu (EM) / Edy Sakurada (GM) / Jessica Yamada (GF)

    2012 – Hideo Yamamoto (EM) / Ricardo Kojima (GM) / Claudia Ikeizumi (GF)

    2013 – Eric Jouti (EM) / Henrique Narita (GM) / Carolina Nagano (GF)

    2014 – Eric Jouti (EM) / Yuri Bavarescu (GM) / Izumi Nishida (GF)

    2015 – Massao Kohatsu (EM) / Vitor Arakai (GM) / Katia Kawaii (GF)

     

    * Início disputa Geral Feminino **Início disputa Especial Masculino *** Não houve disputa na categoria Especial Masculino

    GM (Geral Masculino) GF (Geral Feminino) EM (Especial Masculino)

     

     

     

     

     

     

     

    Related Post

    EMPRESAS: Brasil Kirin homenageia os 461 anos de S... Para presentear a maior cidade do país que completa 461 anos de fundação em janeiro,  a Itubaína, um dos refrigerantes mais tradicionais do país, ...
    SÃO CARLOS: 6° MATSURI ATRAI VISITANTES DE TODA R...   A festa da Colônia Japonesa atraiu visitantes de toda região   O prefeito Paulo Altomani, acompanhado pela primeira-dama e presidente...
    TORNEIO MUNDIAL POR EQUIPES MISTAS DE KARATÊ KYOKU... O evento reunirá atletas de cinco continentes, divididos em 12 equipes: Brasil (2), América do Sul (2), Europa (2), Américas Central e do Norte, Áfric...
    INTERCÂMBIO: Nikkei orienta estudantes brasileiros... Faz tempo que aprender outro idioma se tornou requisito quase que obrigatório para quem quer se dar bem na vida. Seja para ingressar no mercado de tra...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *