TÊNIS DE MESA: A IMPORTÂNCIA DAS MARCAS PARA O TÊNIS DE MESA BRASILEIRO

Existem atualmente mais de 100 fabricantes de materiais de tênis de mesa no mundo, desde mesas, placares, kit de arbitragem, redes, bolas e suportes, divisórias, armação aparadora de bolas, suportes, robots, borrachas, raquetes e acessórios (capa, malas, roupas, limpadores, protetores, etc).

 

Marcos Yamada com o campeão mundial Shigueo Ito, que esteve cinco vezes no Brasil. Foto: Arquivo Pessoal

 

Quase todas já tem um representante no Brasil, mas as perguntas que podemos fazer são as seguintes:

  1. a) Será que existe tanto mercado para todos? Bastante clubes, escolas, técnicos e atletas?
  2. b) É possível sobreviver somente com esse ramo de atividade?
  3. c) Fazer em paralelo com outro emprego dá resultado satisfatório?
  4. d) O cliente e a matriz serão bem atendidos e assessorados?
  5. e) Existe planejamento para popularizar e massificar a modalidade, aumentando assim o nosso mercado?
  6. f) As competições são atraentes para o público? E quanto a organização, é profissional?
  7. g) Vale a pena fabricar no Brasil produtos de tênis de mesa?
  8. h) Será que temos tecnologia de ponta para concorrer com os precos dos produtos japoneses, alemães, franceses, suecos e chineses em “custo x benefício”?
  9. i) Vale a pena investir um capital inicial num lote de produtos para ver se depois consegue vender?

São todas perguntas coerentes que o simpatizante, praticante e futuro empresário precisa ter em mente, para arriscar neste negócio de tênis de mesa.

Até hoje, as empresas que mais ajudaram gratuitamente o Brasil:

Yasaka Japan – Patrocina atletas e por mais de 10 anos apoiou a CBTM (Confederação Brasileira), abrindo as portas para o intercâmbio de atletas brasileiros na Nichidai – Nippon Daigaku, na dácada de 80.

Butterfly Japan – Patrocina há mais de 27 anos o Campeonato Brasileiro Intercolonial (68º edição), que ia terminar por falta de verba e há 30 anos mantém o seu Centro de Treinamento em Tokyo (Dohjo) para os brasileiros irem treinar. Também bancou clínicas grátis em todo o país, nos 27 estados através de seu distribuidor, trazendo também por 26 anos, técnicos renomados e alguns campeões mundiais para ensinar no Brasil (Hasegawa, Ito, Hiraoka, Wu Hong Biao,Jiang Ming e Takeda).

Patrocina atletas brasileiros e clubes, também algumas competições.

Tibhar Alemanha – Patrocinou por mais de 15 anos a CBTM e também atletas, abrindo as portas da Europa para os brasileiros.

San-Ei Japan – Patrocinou por 3 anos a CBTM e doou mais de 100 mesas para o Brasil por causa da Olimpíada Rio 2016.

 

Algumas marcas entraram forte no país, mas aguardam ainda uma oportunidade de ajudar o tênis de mesa nacional.

 

MARCOS YAMADA

MARCOS YAMADA

Engenheiro e Consultor Especialista em Tenis de Mesa
MARCOS YAMADA

Últimos posts por MARCOS YAMADA (exibir todos)

     

    Related Post

    TÊNIS DE MESA: Para Yamada, ‘é o pior Mundial’ que... Em meu 20º Campeonato Mundial, muita decepção e tristeza, pois foi a pior organização de todos Mundiais que presenciei. Os voluntários não estão compr...
    ARTES MARCIAIS: Festival agita o final de semana n...   Neste final de semana (14 e 15), os frequentadores do Parque do Ibirapuera, na zona Sul de São Paulo, encontrarão um clima diferente. Um gra...
    SOFTBOL ADULTO: Gigante/Gecebs A conquista título ...   A equipe “A” do Gigante/Gecebs sagrou-se campeã do 32º Campeonato Brasileiro de Softbol Feminino Adulto. A competição foi realizada nos dias...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *