TÊNIS DE MESA: Campeonato Brasileiro Intercolonial – Haruo Mitida

O Campeonato Brasileiro Intercolonial de Tênis de Mesa está completando 66 anos de existência. O evento foi criado pós-Segunda Guerra por Haruo Mitida (in memorian), em 1950, na época funcionário da empresa Companhia Melhoramentos Miami do Sul. Ele viajava por todo interior de São Paulo e Paraná, visitando agricultores e os incentivando a ter um pouco de lazer na praia de Itanhaém e na estância de Poços de Caldas. Aproveitava e ensinava o esporte que ele tanto amava e praticou no Japão, o tênis de mesa.

 

Cerimônia de abertura do Campeonato Brasileiro Intercolonial (Foto: arquivo)

Cerimônia de abertura do Campeonato Brasileiro Intercolonial (Foto: arquivo)

 

Desconhecido por muitos naquela época, além de mostrar as técnicas ele aproveitava para educar e disciplinar os praticantes. Através de uma grande amizade mantida por Mitida e Tamasu, dono da empresa Butterfly, fabricante de materiais para tênis de mesa, desde o início ele mantinha informado sobre o seu trabalho.

Fato que me deixou triste foi que o seu nome, de muita importância na divulgação e difusão da modalidade, atualmente está totalmente esquecido nos sites de buscas, não encontrei nada relatando seu trabalho e os ensinamentos pelas cidades que visitou.

Em 1984, quando resolvi terminar minha carreira de atleta, fui convidado por Issui Takahashi, então presidente da Comissão Organizadora, para assumir a Coordenação Técnica da Competição, já que atuava desde 1975 como técnico e organizava Campeonatos.

Na época, foi muito difícil esta missão, já que as inscrições não tinham padronizacão, ou seja, vinham por telefone, ou alteravam os nomes na última hora e a forma de arrecadação das taxas de participação eram simbólicas. Tabelas de jogos feitas a mão e manuscritas com inúmeros erros nos nomes dos atletas e suas regiões.

Em 1990, em sua 40ª edição, quase que o evento acabou pois já estava muito difícil de organizá-lo por falta de verbas. Mais uma vez por influência dos novos dirigentes e o Mitida através de sua amizade, teve seu trabalho de 40 anos reconhecido e a Butterfly começou a patrocinar o evento para não terminar.

No total são 27 anos mandando verba para a manutenção da competição e ajudando na saúde financeira do maior e mais antigo evento de tênis de mesa da América Latina com 29 categorias em disputa. O próximo, o 67º Campeonato Intercolonial poderá ser nas cidades de Cuiabá-MT, Presidente Prudente SP, Guarulhos-SP, Jundiaí-SP, Curitiba-PR, Marilia-SP ou Maringa-PR.

Mais informações sobre todos os campeões da historia no site  www.intercolonial.butterflylatinamerica.com.br

 

MARCOS YAMADA

MARCOS YAMADA

Engenheiro e Consultor Especialista em Tenis de Mesa
MARCOS YAMADA

Últimos posts por MARCOS YAMADA (exibir todos)

     

     

    Related Post

    Especial/61º PREMIO PAULISTA DE ESPORTES: ‘Vocês s... Pelo sexto ano consecutivo, a Câmara Municipal de São Paulo mais uma vez abriu suas portas para receber a cerimônia de entrega do Prêmio Paulista de E...
    REGISTRO: ABJ completa 1 ano e faz entrega de faix... A Associação Barbosa de Judô conta hoje com 60 alunos, sendo 30 atletas bolsistas, através de parceria com a Prefeitura de Registro A Associação Ba...
    BEISEBOL: Marília fatura título da 13ª Taça Brasil... Com uma vitória sobre o Nippon Blue Jays por 6 a 3, a categoria Júnior do Nikkey Clube de Marília sagrou-se campeã da 13ª Taça Brasil de Beisebol Inte...
    SUMÔ: Campeonato Brasileiro deve reunir cerca de 3... A Confederação Brasileira de Sumô realiza neste fim de semana (16 e 17), no Ginásio de Sumô do Complexo Esportivo Brasil-Japão, no bairro do Bom Retir...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *