TÊNIS DE MESA: Dura realidade para chegar ao alto nível

Atualmente a base do tênis de mesa nacional está em ações independentes dos clubes e associações.

 

resized_IMG_6206

Dia de treinamento na ADR Itaim Keiko (Foto: DIVULGAÇÃO/CBTM)

 

No estado de São Paulo, temos mais de 150 locais que ensinam a modalidade e são poucos que têm apoio de órgãos públicos e sem nenhum programa de incentivo para formar atletas.

Não existe nenhum plano de massificação feito pelos órgãos competentes e assim o “tênis de mesa formação” não possui um padrão e tampouco política esportiva.

Daí a importância da manutenção das Ligas com Torneios de Nunca Federados que dão o “start” para as competições e buscam os talentos, por isso os eventos são realizados em várias regiões de São Paulo, onde concentra mais de 40% dos mesa-tenistas do país.

Além dos duros treinamentos diários, administrando o tempo da escola X clube, outro fator que impede para que o esporte decole, são as altas taxas para participar das competições, vejam o comparativo:

Taxa de inscrição – Ligas Regionais Independentes– De R$ 25 a R$ 30, FPTM – Federação Paulista = Taxa anual R$ 40, Taxa de Clube R$ 70 e Inscrição R$ 45, CBTM – Confederação Brasileira  Taxa Anual R$ 70, Inscrição de R$ 130 a R$ 300 (3 categorias) – ITTF Federação Internacional – Taxa autorização da CBTM para jogar fora R$ 400, Inscrição R$ 420.

Isso sem contar as despesas de viagem, alimentação, hoteis e materiais.

Para exemplificar melhor, na semana passada os atletas gastaram em média para jogar no Campeonato Brasileiro CBTM no Rio de Janeiro, cerca de 800 reais cada viajando de ônibus, de quarta-feira a domingo.

Agora, imaginem se na família dois participem, o orçamento vai para R$ 1.600 e mais os pais acompanhantes….. participar dos torneios de alto nível não é para qualquer um.

Por isso, hoje temos um grande problema neste esporte, pois poucos atletas querem se filiar à federação, daí os eventos de nunca federados estarem lotados e os oficiais vazios.

 

MARCOS YAMADA

MARCOS YAMADA

Engenheiro e Consultor Especialista em Tenis de Mesa
MARCOS YAMADA

Últimos posts por MARCOS YAMADA (exibir todos)

    Related Post

    COMUNIDADE: 5ª edição do JapanSul diversifica atra...   A União das Associações Culturais de Santo Amaro – entidade que reúne a Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Santo Amaro, Asso...
    MEXT 2015: Inscrições para bolsa terminam nesta se...   Os interessados em uma bolsa para realização de pesquisa, em universidades japonesas, relacionada à educação escolar, têm até amanhã (6) par...
    AMAZÔNIA: Imigração japonesa na Amazônia merece ma... Por Heitor Shimizu, de Tóquio   Hiroaki Maruyama, da Universidade Rikkyo, destaca que a presença de japoneses, apesar do pequeno número, f...
    120 ANOS/PARANÁ: Governador Beto Richa será presid... O governador reeleito do Paraná, Beto Richa (PSDB), será o presidente de honra da Comissão Organizadora das comemorações relativas aos 120 anos de rel...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *