TÊNIS DE MESA: Esporte é saúde?

No mundo atual, doenças que não existiam ou não eram tão divulgadas no passado, como “stress”, “depressão”, “esquizofrenia”, “Alzheimer”, “Parkinson”, “Síndromes”, “Bipolaridade”, “Obesidade”, “Anorexia”, “Dependência Química”, etc, faz com que inúmeros programas na TV, abordem sobre estes temas, quando sempre dentre as dicas divulgadas como Alimentação saudável, apoio familiar esta o famoso, PRATICAR EXERCÍCIOS FÍSICOS.

 

A busca da perfeição é o limite no esporte competitivo (foto: divulgação)

A busca da perfeição é o limite no esporte competitivo (foto: divulgação)

 

No esporte competitivo, chamado de alto nível, não existe prática saudável e sim de superação, aguentar, exceder o limite dos treinamentos e muito sofrimento em busca da perfeição. Asseguro que a maioria destes atletas olímpicos e profissionais já teve lesões e traumas, numa época de sua carreira. Porém, identificado este grande problema, ou seja, o alto custo que prejudica ao corpo e mente, em troca de uma medalha de ouro, os dirigentes esportivos já estudaram as conseqüências e exigem o acompanhamento de especialistas em busca de qualidade de vida ao encerrar seu ciclo.

Por esses motivos, temos hoje junto aos atletas: Fisioterapeutas, Preparador Físico, Fisiologista, Ortopedista, Nutricionista, Psicólogos, acompanhando o trabalho do técnico.

Para seguir na minha carreira como treinador de tênis de mesa, já que o meu CREA (Conselho Regional de Engenharia) não servia, tive que fazer um curso de Educação Física Provisionado (6 meses), conseguindo então a licença para cuidar de mesa-tenistas em todas as faixas etárias.

Aproveitando a época de eleição, porque os políticos não precisam de um curso e prestar um exame, tipo OAB (Advogados), para poderem se candidatar, vamos exigir o CRP (Conselho Regional de Política).

Curso de 4 anos, abrangendo aulas sobre Densidade Demográfica, PIB, Impostos, Aposentadoria, Leis, Saneamento Básico, Construção Civil, Tráfego Aéreo e Terrestre, Zona Rural, Meio Ambiente, Geração de Energia, etc. Salário com o piso mais baixo, aposentadoria igual a de todos os cidadãos, dai só vai para a Política quem gosta mesmo, obrigando-os a utilizar o SUS e andar de transporte público esporadicamente. Teríamos que começar do zero…

 

Yamada-Marcos

Prof. Marcos Yamada

CREF 6849

CREA 125.860

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

GUARULHOS: 5ª EDIÇÃO DO TEMAKI MATSURI ACONTECE NO... Reserve em sua agenda. A quinta edição do Temaki Matsuri – Ikoi-no-Sono acontece no dia 21 de maio, no Jardim de Repouso São Francisco, em Guarulhos. ...
KARAOKÊ: Associação Beneficente Cultural Nipo-Bras... No último dia 8, a Associação Beneficente Cultural Nipo-Brasileira de Colônia Paulista, uma das mais antigas e tradicionais associações nikkeis, local...
BAIRROS: Comunidade japonesa é homenageada nos 462...   No último dia 15, dentro das comemorações dos 462 anos do bairro de Santo Amaro, a professora de dança Hideko Yoshizawa e um grupo de 20 sen...
NIPPAK PESCA: Lambaru – Ginglimostoma cirra... Por Marcelo Szpilman     Coloração: Dorso marrom amarelo escuro, com flancos um pouco mais claros e ventre amarelado. Os espéci...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *