TÊNIS DE MESA: Tudo pelo esporte

Há alguns anos, veio em nosso escritório em São Paulo uma famosa empresa de marketing com o intuito de verificar como andava nossa modalidade, ou seja, o tênis de mesa no país.

Perguntei a essa pessoa como chegaram no meu nome, já que não sou órgão oficial do governo, tampouco federação, associação ou confederação e também o motivo desta visita.

 

Itaim Keiko: história de sucesso (Foto: arquivo pessoal)

Itaim Keiko: história de sucesso (Foto: arquivo pessoal)

 

Ela respondeu de uma maneira bem simples, “Sr. Marcos Yamada para saber quem é quem” no esporte, basta visitar vários clubes afiliados, participar de alguns campeonatos, conversando com as pessoas/atletas/dirigentes/pais, daí podemos tirar algumas conclusões.

Portanto, por ai soubemos que o Sr. Marcos ministrou cursos grátis de tênis de mesa nos 27 estados do Brasil, muitas delas pagando a sua passagem aérea, e ainda que é voluntário em vários órgãos da modalidade, visitando quase todos os “Kaikans” do país, falando sobre o esporte, também que desde 1975 é professor e técnico em clubes de São Paulo.

Yamada já deu palestras em 27 estados (Foto: arquivo pessoal)

Yamada já deu palestras em 27 estados (Foto: arquivo pessoal)

Por isso, sabendo que se dedica “full time” para o tênis de mesa, viemos estudar a viabilidade de patrocinarmos, já que tênis de mesa é um dos três esportes olímpicos, para o qual temos verba disponível.

Creio que o final da história, pode estar num dos atletas que participaram dos Jogos Pan-americanos e Parapan-americanos que tem patrocínio individual direto das empresas.

Esta Olimpíada no RJ 2016 poderá gerar inúmeros problemas para o Brasil, financeiros, estruturais, políticos, porém, por outro lado, abriu várias portas e oportunidades, dando visibilidade para várias modalidades com menos expressão.

Torcemos para que um dia algum mega patrocinador possa apoiar um plano de popularização e massificação para o tênis de mesa (que não possuímos ainda), pois com certeza também em beisebol, badminton, tiro, sumô, temos abnegados que voluntariamente lutam para o seu esporte crescer e podem ser identificados neste processo acima citado.

 

 

MARCOS YAMADA

MARCOS YAMADA

Engenheiro e Consultor Especialista em Tenis de Mesa
MARCOS YAMADA

Últimos posts por MARCOS YAMADA (exibir todos)

     

    Related Post

    TÊNIS DE MESA: Para Yamada, ‘é o pior Mundial’ que... Em meu 20º Campeonato Mundial, muita decepção e tristeza, pois foi a pior organização de todos Mundiais que presenciei. Os voluntários não estão compr...
    ARARAQUARA: 19º Festival Tanabata da ACNBA acontec...   Renato Takatsui, presidente da Associação Cultural Nipo-brasileiro de Araraquara (foto: divulgação) Mais de 10 mil pessoas estão sendo a...
    ARTIGO: “Lei determina que Parque Augusta ocupe 10... Aurélio Nomura*   Parque Augusta (foto: Edson Domingues)     Sou defensor do Parque Augusta há pelo menos dez anos, qua...
    KARAOKÊ: Paulistão deve reunir cerca de 600 cantor... A maior festa do karaokê  paulista já tem data e local marcados. Trata-se do Concurso de Karaokê do Estado de São Paulo,mais conhecido como “Paulistão...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *