TRADIÇÃO: 45º Moti Tsuki Matsuri espera mais de 30 mil pessoas no dia 31 de dezembro na Liberdade

Entra ano, sai ano e algumas tradições permanecem intactas. O Moti Tsuki Matsuri – Festival do Bolinho da Prosperidade – que este ano chega a sua 45ª edição, é uma delas. Realizado pela Acal (Associação Cultural e Assistencial da Liberdade) com apoio das principais entidades nipo-brasileiras, entre elas o Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), Kenren (Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil), Enkyo (Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo) e Aliança Cultural Brasil-Japão), o evento acontece sempre no último dia do ano, na Praça da Liberdade, não por acaso um dos principais cartões postais da cidade de São Paulo.

 

Autoridades e convidados participam da demonstração do Moti Tsuki (Foto: Jiro Mochizuki)

Autoridades e convidados participam da demonstração do Moti Tsuki (Foto: Jiro Mochizuki)

 

Segundo o presidente da Acal, Hirofumi Ikesaki, além de comemorar a passagem do ano, a festa tem como objetivo agradecer aos Deuses todas as dádivas e benefícios recebidos durante o ano, abençoando a prosperidade e fartura do ano 2015, desejando muita saúde, paz e harmonia.

As atividades deste festival terão início na quinta-feira, dia 31, às 8h com a distribuição de cerca de 20 mil saquinhos do bolinho da prosperidade contendo dois motis cada um, sendo um branco e um vermelho, simbolizando paz e felicidade. Às 9h30 está programada a abertura oficial e em seguida apresentação de taiko com o grupo Tenryuu Wadaiko, de São Miguel Pauista, e uma cerimônia xintoísta com o reverendo Kazuo Osaka.

 

Ministro Kazuo Osaka celebra cerimônia xintoísta na praça (Foto> Jiro Mochizuki)

Ministro Kazuo Osaka celebra cerimônia xintoísta na praça (Foto> Jiro Mochizuki)

 

Por volta das 10h30 haverá demonstração da fabricação e confecção de motis com a participação de autoridades e convidados e simultaneamente a distribuição de motis gratuitamente a todos os participantes e ao público em geral até às 13h. Segundo Ikesaki, serão utilizados 2 mil quilos de motigome. “Todos os anos forma-se uma fila enorme para ganhar os saquinhos”, lembra.

 

Serão distribuídos cerca de 20 mil saquinhos de bolinho (Foto: Jiro Mochizuki)

Serão distribuídos cerca de 20 mil saquinhos de bolinho (Foto: Jiro Mochizuki)

 

Ozooni – Os visitantes também são convidados a participar de uma festa de confraternização nas tendas instaladas na Praça da Liberdade, com capacidade para 3 mil pessoas, que receberão o saboroso ozooni (sopa de moti), um prato imprescindível na celebração do Oshogatsu (o Ano Novo japonês).

De acordo com a tradição, quem come a iguaria no oshogatsu terá vida longa e felicidade pois o ozooni afasta todos males e traz prosperidade para dentro, transformando-os em melhores acontecimentos para o Novo Ano.

O arroz “motigome” na sua origem é simples grão de arroz. Mas cozidos, socados, amassados e unidos, formam uma massa consistente que por mais que alguém queira separá-los, não o conseguirá.

 

Grupo de taiko Tenryuu Wadaiko estará se apresentando no evento (Foto: Jiro Mochizuki)

Grupo de taiko Tenryuu Wadaiko estará se apresentando no evento (Foto: Jiro Mochizuki)

 

Crise – Depois da cerimônia na Praça da Liberdade, as autoridades se dirigem até a sede da Acal (na Avenida Liberdade, 365), onde participam de uma confraternização  com direito a execução dos hinos nacionais do Brasil e do Japão.

Segundo Ikesaki, “apesar do ano ruim para o comércio em geral, sempre esperamos que o ano seguinte seja melhor”. “A crise que o país está enfrentando afetou muito o comércio de um modo geral e o Bairro Oriental também sentiu os reflexos. Mas com o Moti Tsuki qaueremos agradecer a todos pela preferência e prestigío em 2015 e que possamos contar com eles também em 2016”, disse Ikesaki, acrescentando que “acho que este ano ninguém conseguiu atingir a meta”. “Esperamos que no próximo ano haja mudanças de atitudes”, disse o empresário.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     


     

     

     

    PROGRAMAÇÃO

     

    PRAÇA DA LIBERDADE

    7h30: Preparativos

    8h: Início da distribuição de 20 mil saquinhos do bolinho da prosperidade (moti)

    9h: Recepção de Autoridades e Convidados

    9h30: Abertura Oficial – Apresentação de Taikô – Acal – Taikô / Tenryu Wadaiko / Cerimônia Religiosa Xintoísta / Saudação das autoridades

    10h30: Moti Tsuki – Autoridades – Socar motigome para confecção de bolinho de arroz

    10h30 às 13h: Oferecimento de 3 mil ozoonis (tigelas de sopa com bolinhos da prosperidade – moti

    11h30: Autoridades e Convidados serão recepcionados na sede da Acal para solenidades

     

    NA SEDE DA ACAL

    12h: Autoridades e convidados cantam os hinos nacionais do Brasil e do Japão e após os discursos, saboreiam o ozooni

     

     

    Related Post

    MUSICA: A cantora Sabrina Helsh retorna ao Brasil ...   A brasileira Sabrina Hellshmeister Shikasho de 33 anos, mais conhecida como Sabrina Hellsh retorna ao Brasil para uma turnê. A cantora ganho...
    SEMINÁRIO: O Tradicional KOSHUKAI 2013 – in...   A ASEBEX - Associação Brasileira de Ex-Bolsistas no Japão - realizará no mês de janeiro de 2013, o tradicional KOSHUKAI, seminário cujo prin...
    MEMAI: POLÍTICA | OS TABUS DA HISTÓRIA DOS NIKKEIS...  Por Marilia Kubota   Dois projetos idealizados por nipo-brasileiros, Travessias em conflito, de Alexandre Kishimoto e Alice K.  e Abrangên...
    COMUNIDADE: Ex-cônsul em SP e atual embaixador do ... O ex-cônsul geral do Japão em São Paulo e atualmente embaixador do Japão na Argentina, Noriteru Fukushima, esteve no Brasil no mês passado quando se r...

    5 Comments

    1. Encantada de ver a força e beleza do Mochitsuki Matsuri em São Paulo!!!
      PARABÉNS aos Realizadores: que os bolinhos de arroz e os ozooni deem vida longa e felicidade, com muita prosperidade, a todos!!!

    2. Gostaria de fazer uma crítica a organização do evento.
      O moti entregue estava com mofo. Não notei na hora. Tive que jogar fora.
      Em vários anos que vou a esse evento, isso nunca tinha acontecido.
      Lamentável.

    3. Aconteceu com o meu moti, estava mofado. Mofo bem grande já 🙁

    4. Meu moti estava mofado. Não notei na hora. Vi quando cheguei em casa. A pessoa que me entregou me disse que era um por pessoa. Estou vendo o motivo…

    5. Bom dia no mês de janeiro tem algum dia que terá o bolinho de arroz me informe

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *