TURISMO: Mais de 500 turistas japoneses conhecem a culinária e outras atrações do Pará

O navio cruzeiro Azuka, de bandeira japonesa, ancorou no distrito de Icoaraci, em Belém (PA), com 600 turistas no último dia 28. Antes de chegar à capital paraense, o navio passou pelas cidades do Rio de Janeiro (RJ) e Recife (PE). Cerca de 250 turistas seguiram direto para um dos mais procurados atrativos turísticos de Belém, a Estação das Docas, onde a Companhia Paraense de Turismo (Paratur) integrou a equipe de receptivo aos visitantes, distribuindo material de divulgação do Pará e prestando informações.

Cerca de 300 turistas foram levados pela Amazon Star Turismo, agência responsável pelo receptivo em Belém, para conhecer outros atrativos: Basílica de Nazaré, Complexo Feliz Lusitânia e Mangal das Garças foram alguns dos espaços visitados. Um almoço no Manjar das Garças encantou os visitantes com as cores, aromas e sabores da gastronomia paraense.

Turistas japoneses aproveitam para registrar tudo (foto: divulgação)

 

A Gerência de Assuntos Internacionais da Paratur entregou aos visitantes um catálogo com imagens e informações sobre a culinária paraense, resultado das heranças europeia, africana e indígena que formam a cultura regional.

A presidente da Paratur, Socorro Costa, acompanhou o receptivo aos japoneses. Segundo ela, a passagem de um grande número de visitantes acaba mobilizando praticamente toda a cadeia produtiva do turismo. “Conversei com os profissionais da área. É importante estarmos perto dessa operação do receptivo, conhecendo a forma como está sendo vendido o produto turístico paraense”, disse Socorro Costa.

Lorena Aguiar, gerente de Assuntos Internacionais da Paratur, destacou a importância de participar da recepção aos turistas. “Alguns espaços, com intermediação da Paratur, foram abertos com o objetivo de recebê-los. Apesar de pouco tempo na cidade percebemos que levam do Pará uma excelente impressão”, garantiu Lorena. Segundo ela, a temporada de cruzeiros 2012 começou em outubro do ano passado e terminou esta semana, com a passagem do Azuka por Belém.

Um almoço no Manjar das Garças encantou os visitantes (foto: divulgação)

 

Informação e segurança – Para receber os turistas na Estação das Docas, a Paratur, por meio do Setor de Informações Turísticas, montou um posto de informações, onde foi entregue um kit com folhetos e guia das principais atrações naturais e culturais do Estado. Além disso, a Paratur, em parceria com a Companhia Independente de Policiamento Turístico (Ciptur), tem garantido segurança aos turistas de cruzeiros. No centro histórico e nos principais pontos turísticos de Belém, 69 policiais especializados na área turística e cinco viaturas proporcionaram um passeio tranquilo aos visitantes.

Outra ferramenta que ajudou a polícia a garantir segurança aos turistas foi o serviço de monitoramento eletrônico em 21 pontos turísticos em Belém, que permite a captação de imagens online em áreas de grande fluxo, prevenindo assaltos e permitindo o socorro imediato e a identificação dos autores dos crimes.

Segundo Rosângela Martins, guia de turismo da Amazon Incoming Service, empresa responsável pelo receptivo turístico ao navio, foi montada uma grande logística de transporte para o deslocamento dos turistas do porto de Icoaraci até o centro de  Belém. Foram utilizados quatro ônibus no transporte dos grupos que queriam apenas conhecer o centro da cidade, quatro ônibus para aqueles que fizeram os passeios de barco pela orla de Belém (o river tour), e mais seis ônibus para o city tour pelas principais atrações da cidade.

O casal de turistas japoneses Nozaki e Ozawa, que visitou a Estação das Docas, contou que a primeira impressão da cidade foi surpreendente. Eles destacaram a parte histórica da capital parense, e principalmente o porto, onde, segundo Ozawa, chegaram vários imigrantes à região, inclusive japoneses. Para o casal, o maior interesse em visitar o Pará e a Amazônia foi conhecer a natureza local, principalmente a selva amazônica. O Azuka deixou Belém no mesmo dia 28.

 

Números – Até o final do ano, o Pará deve receber 20 mil turistas de cruzeiros. Desde o início da atual temporada desse tipo de turismo, que começou em outubro do ano passado, o Estado já recebeu aproximadamente 17 mil turistas em diversos cruzeiros. Os demais estão marcados até o início da nova temporada, que começará em novembro próximo.

Nesta estatística merece destaque especial o navio Aida, que só na atual temporada veio ao Pará 10 vezes, trazendo 12 mil turistas alemães. Os navios americanos Amsterdam e Ms. Prinsendam trouxeram 1.100 e 700 turistas, respectivamente.

João Ribeiro, da Amazon Incoming Service, disse que até o final do ano 25 navios, de diversas nacionalidades, devem passar pela capital paraense.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), o Japão é um mercado com grande potencial para a emissão de turistas para o Brasil e um dois maiores mercados emissivos do mundo. O aumento no número de turistas que visitaram o país em 2011, quando atingiu o patamar de 63.247 visitantes, chegou a 5% em relação a 2010.

(Paratur)

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

GASTRONOMIA: O Blue Tree Premium Paulista oferece ... Se você não quer começar o ano pilotando fogão para um batalhão de familiares e amigos, todos ávidos por um delicioso Almoço de Ano Novo, o Hotel Blue...
INVESTIMENTOS: JAPONESA HOYA ABRE FÁBRICA DE LENTE... A fabricante japonesa de lentes ópticas Hoya iniciou, em Barueri, na região metropolitana de São Paulo, as operações de seu segundo laboratório no Bra...
BRASIL-JAPÃO: Empresas japonesas apresentam produt... De olho nas relações econômicas com o Brasil, a Jetro ( Japan External Trade Organization) selecionou um grupo de pequenas e médias empresas japonesas...
AMERICANA: Toyobo investe R$ 15 mi em fábrica de r... A Toyobo do Brasil Indústria Têxtil inaugurou no último dia 10 uma planta de produção de resinas plásticas para a indústria automobilística, no Comple...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *