TURISMO: Quarta maior cidade japonesa recebe Brasília

 

Ação faz parte de evento promovido pela Embratur no Japão

 

 

 

Em continuação à promoção de Brasília no “Roadshow Osaka e Nagoia”, a subsecretária de Fomento e Eventos Estratégicos da Secretaria de Turismo do Distrito Federal, Flávia Malkine, iniciou segunda-feira (18) um contato com empresários do trade da cidade de Nagoia. No segundo evento promovido pelo Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur)no Japão, a Capital Federal foi apresentada a novos 50 operadores, agentes viagens e representantes das companhias aéreas Air France, Lufthansa, Korean Air e Etihad Airways.

A promoção na cidade japonesa evidenciou aspectos como a arquitetura moderna, áreas verdes abundantes, cultura, tradições, acessibilidade e localização, além de clima ameno e estável ao longo do ano. A sensação de segurança, ponto importante para os japoneses, foi outro aspecto bastante trabalhado, bem como os investimentos que o Governo do Distrito Federal tem feito neste setor. “Segurança é fundamental para os japoneses na hora de escolher um destino, seja ele para lazer ou negócios. Brasília pode lhes oferecer isso”, disse Malkine.

 

Brasília no Japão – A ação começou na cidade de Osaka, no dia 14 de março. No local, a subsecretária de Fomento e Eventos Estratégicos da Setur-DF, Flávia Malkine, recebeu cerca de 60 operadores e empresários do setor para apresentar as vantagens de Brasília enquanto destino turístico. Nagoia é o segundo ponto de parada do roadshow. É a quarta maior cidade japonesa concentrando cerca de 2.2 milhões de habitantes. O próximo destino é Tóquio, onde haverá a 6ª Noite de Prêmio no Japão.

O foco do trabalho de promoção turística no país oriental é a aproximação com o trade turístico na capitalização de oportunidades e divulgação do Brasil. Além disso, a Setur-DF e a Embratur apostam na ampliação do número de agências que vendem os destinos brasileiros e na constante busca de exposição de mídia espontânea para otimizar a promoção junto ao público final.

 

Mercado Japonês para o Brasil – O Japão é o 19º país que mais emite turistas para o Brasil, sendo o principal mercado asiático no número de emissão de turistas, segundo o Anuário Estatístico do Ministério do Turismo 2011. Só em 2011, foram 63.247 visitantes japoneses ao país.

 

Mercado Japonês no Mundo – O Mercado Japonês é o 5º maior emissor de turistas internacionais com quase 16 milhões de turistas que viajam para fora do Japão todos os anos. O Brasil atrai uma pequena parte desses turistas, mas possui grande potencial a ser desenvolvido em razão das ligações históricas entre Brasil e Japão, pelas belezas naturais, locais reconhecidos como patrimônios da humanidade e gastronomia local. Com o anúncio de que o Brasil será sede dos dois maiores eventos esportivos do mundo, o interesse pelo Brasil tem crescido por parte de agências, operadores, imprensa e empresas aéreas do Japão. Além de sediar sete jogos da Copa do Mundo, em 2014, Brasília também será palco para a disputa entre Brasil e Japão, na abertura da Copa das Confederações, em junho deste ano.

 

 

Fonte: SETUR-DF

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

ESPETÁCULO: Dream Concert reúne grandes intérprete... Recordar é viver, viajar pelo tempo através das músicas que marcaram uma época, uma história, uma memória. Esta é a proposta do show “Dream Concert – ...
COMUNIDADE: Nos 60 anos do Bunkyo, Harumi Goya val... Um grande acontecimento merece uma festa à altura. E foi assim que o Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social) comemor...
JOJOSCOPE: Hafu: Uma nova realidade     Hafu (Half) é como são denominados os mestiços de japoneses com outras etnias. No Brasil, a população de mestiços tende a cres...
ELEIÇÕES NO BUNKYO: COMISSÃO ELEITORAL RECEBE 80 C... Encerrado o prazo para as inscrições ao Conselho Deliberativo do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), a Comissão...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *