VISITA DO PRÍNCIPE: Com visita de Suas Altezas Imperiais, Japão fortalece laços de amizade com o Brasil

Suas Altezas Imperiais, o príncipe Akishino e a princesa Kiko encerraram, no Rio de Janeiro, a visita de 12 dias ao país. No sábado (7), eles foram recebidos pelo governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) e a primeira-dama Maria Lucia Horta Jardim, no Palácio Guanabara, nas Laranjeiras, onde participaram de um almoço oferecido pelos anfitriões. “Desde que estabeleceram relações diplomáticas, o Brasil e o Japão se tornaram parceiros. O Japão é uma das nações que mais investem em solo brasileiro e tem uma das maiores colônias no nosso país. Espero que essa boa relação se fortaleça ainda mais durante essas comemorações”, afirmou o governador Pezão.

 

Príncipe cumprimenta presidente Dilma, que deve visitar o Japão ainda em dezembro deste ano (Foto: Jose Cruz Agencia Brasil)

Príncipe cumprimenta presidente Dilma, que deve visitar o Japão ainda em dezembro deste ano (Foto: Jose Cruz Agencia Brasil)

 

Ainda no sábado, Akishino e a princesa participaram da reinauguração de um jardim de estilo japonês situado no Jardim Botânico, que foi reformado por causa da visita. A área, de cinco mil metros quadrados, foi recém-reformada e contém espécies nativas dos dois países. Na cerimônia, o príncipe destacou que “o Jardim Japonês é um símbolo importante das relações de amizade entre o Japão e o Brasil e por isso, sua reforma, neste momento de celebração dos 120 anos de relações diplomáticas, é bastante significativa”.

A cerimônia, que aconteceu no Museu do Meio Ambiente do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, encerrou com a apresentação da Orquestra Chapéu Mangueira, que faz parte do Projeto Ação Social pela Música do Brasil. Na sequencia, o princípe, a princesa, presidente do JBRJ, comitiva japonesa e dirigentes da instituição deslocaram-se em carrinhos elétricos para o Jardim Japonês, para o descerramento da placa de reinauguração.

No domingo, o casal passou cerca de duas horas no mesmo Jardim Botânico. O príncipe, que é biólogo, demonstrou especial interesse pela Euryale ferox, planta aquática parente da Vitória-régia e a Barriguda (Cavallinesia arborea), parente brasileira do Baobá africano.

Na visita à Sumaúma, Akishino e Kiko posaram para as fotos, demonstrando encantamento pela riqueza da coleção viva e exuberância do jardim.

Dos passeios programados inicialmente na Cidade Maravilhosa, as visitas ao Pão de Açúcar e ao Corcovado tiveram que ser cancelados em função das chuvas que caíram no último final de semana. Encerrando a agenda no país, os príncipes conheceram o Museu de História Nacional e se reuniram com a comunidade nipo-brasileira local na Associação Nikkei do Rio de Janeiro.

Antes da escala no Rio, o casal teve uma passagem um tanto quanto tumultuada por Brasília. No dia 5, Akishino e Kiko foram recebidos no Salão Negro do Congresso Nacional pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), sua esposa, Cláudia Cruz, e diversos deputados, entre eles os parlamentares nikkeis Walter Ihoshi (PSD-SP), William Woo (PV-SP), Keiko Ota (PSB-SP) e Luiz Nishimori (PR-PR).

 

No Rio, Suas Altezas Imperiais foram recepcionados pelo governador Pezão e a primeira-dama (Foto: Jose Cruz Agencia Brasil)

No Rio, Suas Altezas Imperiais foram recepcionados pelo governador Pezão e a primeira-dama (Foto: Jose Cruz Agencia Brasil)

 

Sessão solene – Após uma breve reunião reservada, a família imperial japonesa participou de sessão solene no Plenário Ulysses Guimarães, em homenagem aos120 anos do Tratado de Amizade e Relações Diplomáticas entre Brasil e Japão.

Durante a solenidade, Cunha lembrou o início das relações diplomáticas entre os dois países, com a assinatura do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação, em 1895, em Paris, na França, por representantes do Brasil e do Japão.

O presidente observou ainda que o tratado permitiu a chegada ao Brasil dos primeiros imigrantes japoneses 13 anos mais tarde, em 1908. Atualmente, o Brasil é o país que abriga a maior população de origem nipônica fora do Japão, cerca de 1,9 milhão de pessoas.

“Não podemos deixar de assinalar, sobretudo, que a presença dos membros da família imperial japonesa, nesta Casa, seguramente dignifica e engrandece ao máximo o Poder Legislativo brasileiro”, disse Cunha.

 

No Congresso, Akishino e Kiko participaram de uma cerimônia que reuniu os parlamentares nikkeis (Foto: Jose Cruz Agencia Brasil)

No Congresso, Akishino e Kiko participaram de uma cerimônia que reuniu os parlamentares nikkeis (Foto: Jose Cruz Agencia Brasil)

 

Gratidão – Por sua vez, o príncipe Akishino agradeceu a generosidade do governo e do povo brasileiro por acolher os imigrantes japoneses. “Aqueles primeiros imigrantes, transpondo as barreiras das diferenças ambientais, culturais e linguísticas, acumularam esforços, integraram-se à sociedade local e conquistaram a confiança do povo brasileiro, que os acolheu de braços abertos”, disse Akishino.

O príncipe do Japão também destacou a contribuição dos inúmeros projetos de cooperação nipo-brasileira para o desenvolvimento socioeconômico do Brasil. “Isso impulsiona ainda mais a amizade entre os nossos países”, disse o príncipe, acrescentando que cerca de 180 mil brasileiros vivem atualmente no Japão e atuam em diversas áreas.

Presidente do Grupo Parlamentar Brasil-Japão, o deputado Luiz Nishimori (PR-PR), que propôs a solenidade, citou exemplos de projetos feitos em parceria com o Japão, como a Usiminas, o projeto Carajás de exploração mineral e o projeto Cerrados que, segundo Nishimori, contribuiu sensivelmente para a abertura do Cerrado brasileiro.

 

Parceiros – “São apenas alguns dos benefícios que o nosso País recebeu por meio desse tratado. Além disso, há a aproximação entre as autoridades dos dois países e o desenvolvimento econômico de ambos. Japão e Brasil são grandes parceiros, diversas empresas japonesas estão instaladas e tiveram importante papel no avanço da industrialização brasileira”, destacou o parlamentar.

Nishimori lembrou ainda que o Japão exporta principalmente tecnologia, equipamentos e automóveis, e o Brasil, principalmente, matéria-prima.

 

Príncipe e princesa posam à sombra de uma sumaúma (Foto: divulgação)

Príncipe e princesa posam à sombra de uma sumaúma (Foto: divulgação)

 

Deselegante – Durante sua passagem pela capital federal, os deputados Fernando Francischini (Solidariedade- PR) e Vanderlei Macris (PSDB-SP) protagonizaram uma cena inusitada durante a visita de Suas Altezas Imperiais e que repercutiu negativamente na comunidade nikkei que se manifestaram via redes sociais. Francischini exibiu um cartaz, em inglês, diante de um príncipe Akishino atônito, com os dizeres: “Queremos o impeachment da presidente Dilma Rousseff pois queremos que o Brasil se torne tão honrado quanto o Japão”. Entre os vários comentários, os internautas classificaram a atitude de “desnecessária” e “deselegante”.

Ainda no dia 5, o príncipe e a princesa foram recebidos pelo embaixador do Japão, Kunio Umeda, em sua residência oficial. Lá, o casal cumprimentou um a um os parlamentares nikkeis.

No dia 6, Suas Altezas Imperiais se reuniram com a preesidente Dilma Rousseff (PT), que deve fazer uma visita ao país nipônico em dezembro deste ano, e almoçaram com o ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira.

O príncipe Akishino e a princesa Kiko estiveram no Brasil representando a Família Imperial por conta das comemorações pelos 120 Anos do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação Brasil-Japão. O príncipe esteve no país pela segunda vez. A primeira foi em 1988, por ocasião das comemorações dos 80 anos da imigração japonesa no Brasil. Já a princesa esteve no Brasil pela primeira vez. A viagem do casal começou no dia 28 de outubro em São Paulo, e depois passou por dez cidades, entre elas Curitiba, Maringá, Rolândia, Campo Grande e Belém.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

    Related Post

    BEISEBOL: São Paulo fatura título do 15º Campeonat... A categoria Sub 21 do São Paulo faturou o título do 15º Campeonato Brasileiro de Beisebol Interclubes ao derrotar, na decisão, a equipe de Marília por...
    KIYOSHI YAMAMOTO: 45ª edição do Prêmio homenageia ... Acontece nesta sexta-feira (27), a partir das 19 horas, no Salão Nobre do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), e...
    BEISEBOL: Nikkey presta homenagens às equipes camp... A diretoria do Nikkey Clube de Marília realizou este mês uma homenagem às duas categorias de beisebol que conquistaram recentemente títulos nacionais ...
    KARAOKÊ: Liga Centro-Oeste da Canção Japonesa real...   Os intérpretes da Liga Centro-Oeste da Canção Japonesa que participarão do Brasileirão 2016,  foram classificados na Seletiva realizada em m...

    One Comment

    1. 2015 será lembrado pelas lindas comemorações aos 120 Anos de Tratado de Amizade Brasil-Japão, especialmente pela visita de Suas Altezas Imperiais do Japão!!! Que o estreitamento dos países amigos seja cada vez maior no correr do tempo!!

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *