MEIO AMBIENTE: Fundação Toyota do Brasil completa três anos este mês

Em abril, a Fundação Toyota do Brasil, criada para ser o braço social da montadora e promover a sustentabilidade por meio de atividades de preservação do meio ambiente, comemora três anos de sua criação e apresenta os resultados das ações desenvolvidas neste período, entre elas, o projeto Toyota APA Costa dos Corais, que visa à conservação e sustentabilidade de uma das regiões mais belas do Brasil, que abrange oito municípios em Alagoas e três em Pernambuco.

Iniciado no segundo semestre de 2011, o projeto Toyota APA Costa dos Corais é uma das maiores e mais recentes ações desenvolvidas pela Fundação Toyota, que objetiva a conservação da APA (Área de Preservação Ambiental) Costa dos Corais, a primeira área de proteção ambiental federal a preservar recifes costeiros, manguezais e a flora e fauna da região, que apresenta mais de 185 espécies de peixes registradas e a presença de animais ameaçados de extinção como o mero, as tartarugas marinhas e o peixe-boi-marinho.

Antes do Toyota APA Costa dos Corais, a Fundação Toyota promovia o projeto Toyota e a Mata Atlântica, focado na proteção de áreas devastadas do bioma. O projeto foi finalizado em 2010 e resultou no plantio de mais de 15 mil árvores, a criação de cinco áreas de preservação ambiental, criação de grupos de voluntários, programas de conscientização nas escolas, entre outras ações.

Nos últimos três anos, projeto Trilhas da Natureza já reuniu mais de 200 mil pessoas (Divulgação)

 

Ainda com foco em projetos de preservação da natureza, mas migrando da Mata Atlântica para o Pantanal, a Fundação Toyota realiza os projetos Arara Azul e o Expedição Pantanal. O primeiro objetiva a preservação da arara-azul, espécie ameaçada de extinção que chegou a contabilizar apenas 1.500 indivíduos no final dos anos 80. Hoje, com o monitoramento de aproximadamente 3 mil aves e os esforços dos biólogos do projeto, o número de araras-azuis já passa de 5 mil.

Já o projeto Expedição Pantanal, percorreu 10 rotas entre julho e dezembro de 2011 para mapear as melhores práticas nas áreas de educação, saúde, turismo, meio ambiente e economia. A coleta de dados realizada ao longo da viagem orientará estratégias para a proteção do bioma e o diagnóstico de problemas socioambientais. No total foram mais de 14 mil quilômetros rodados a bordo da Hilux Expedição Pantanal, 150 pessoas entrevistadas e 77 iniciativas relatadas e compiladas, que resultarão na elaboração de um guia de práticas sustentáveis, um documentário e um livro fotográfico sobre a região.

Projeto Ambientação – Ainda, dentre os projetos com foco na preservação do meio ambiente, destaca-se o Ambientação, realizado com alunos da rede municipal de ensino de Indaiatuba (SP). A iniciativa visa conscientizar os participantes para o consumo consciente de recursos naturais por meio da capacitação com metodologias de gestão exclusivas da Toyota, objetivando redução no consumo de água, energia elétrica e gerenciamento de resíduos. No total, o projeto já reuniu 194 mil participantes e, em 2011, gerou redução de 28% no consumo de água e 43% no consumo de energia elétrica nas escolas e na comunidade do entorno.

Cidadania – A Fundação Toyota também gerencia projetos realizados com incentivo da Lei Rouanet da Toyota do Brasil, como o Memória Local na Escola e o Toyota Trilhas da Natureza. A primeira iniciativa usa a metodologia criada pelo Museu da Pessoa em parceria com o Instituto Avisa lá para desenvolver o conceito de cidadania em alunos da rede pública de ensino ao registrar a história de moradores do município, contribuindo para o desenvolvimento intelectual do aluno, melhora na leitura e escrita, e valorização da história da comunidade. A ação já beneficiou quase 10 mil alunos, 718 professores e coordenadores e 245 escolas das cidades de Indaiatuba (SP), São Bernardo do Campo (SP), Sorocaba (SP) e Guaíba (RS), localidades em que a Toyota possui unidades industriais.

Já o projeto Toyota Trilhas da Natureza é um evento, que, nessas mesmas cidades, nos último três anos, reuniu mais de 217 mil pessoas em parques públicos, com o objetivo de levar cultura e despertar o interesse da população para a preservação da natureza por meio de apresentações de orquestra, teatro, música instrumental, bandas locais e realização de oficinas e jogos ambientais.

“É com alegria que apresentamos estes resultados, que demonstram o empenho no desenvolvimento e patrocínio de projetos que promovam melhorias efetivas nas vidas das pessoas e para o meio ambiente. Este é só o começo de uma longa trajetória na construção de uma sociedade melhor”, afirma Ricardo Bastos, diretor presidente da Fundação Toyota do Brasil.

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

AGRICULTURA: 8ª edição do Bunkyo Rural acontece em... A Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social – Bunkyo –, por meio de sua Comissão Rural, realiza nos dias 15, 16 e 17 de setembr...
FRUTOS DA MATA ATLÂNTICA: ABJICA e Instituto Flore... Gabiroba, da Mata Atlântica (Foto: reprodução) A Associação dos Bolsistas da Jica (ABJICA) e o Instituto Florestal realizam no próximo dia 22 (qui...
SUSTENTABILIDADE: Taiyo Thermas Hotel dribla a con... Preservação da biodiversidade (foto: Luci Judice Yizima) Cada vez mais têm surgido pousadas, hotéis e resortes com o objetivo de reduzir os impact...
JAPÃO: Novo Tornado Atinge a região de Tochigi   Tornado atinge a região de Tochigi (foto: reprodução) Yaita - Um novo tornado destelhou casas, danificou construções e tombou árvores e poste...

One Comment

  1. Boa tarde,
    Acho importante o trabalho de preservação da natureza.
    Tenho uma área de 6500 ha no Pantanal/Nhecolandia/MS, parte alta, que adquiri por herança/doação paterna desde 1966 (herança) e como vou vende-la, pergunto se há interesse por essa Fundação em adquiri-la; é uma região bonita, cheia de animais selvagens, fica entre Corumbá e Campo Grande.
    Aguardando retorno,
    Att,
    Ivy S. de Barros Ura
    67-9927-0110

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *