MÚSICA: Após cinco anos no Japão, Eduardo retorna consagrado ao Brasil

Eduardo, que era Toshiaki Yoshikawa, quando saiu do Brasil, há pouco mais de cinco anos, para vencer no Japão como cantor profissional, retornou para uma curta turnê, mas com o objetivo alcançado e de forma triunfal, visto que em apenas 4 meses de carreira bateu recordes históricos de vendagem de CDs no país, chegando a 17 mil nesse período, número raramente atingido até por cantores renomados.

 

Eduardo se emocionou e provocou emoções na plateia tanto no Bunkyo como em Mogi - Foto: Jiro Mochizuki

Eduardo se emocionou e provocou emoções na plateia tanto no Bunkyo como em Mogi – Foto: Jiro Mochizuki

 

Retornou por apenas alguns dias porque, com o novo status passou a ser muito solicitado por todo o Japão. “A agenda dele, para este ano, está quase que completamente cheia”, informou Taroh Ueda, empresário japonês que o acompanha no Brasil.

Como Eduardo participou intensamente dos concursos de karaokê da comunidade desde a infância e quando partiu já era adulto, dentro do espírito que vige nesse meio, acabou criando enorme círculo de amigos, com os quais não perdeu contato graças às redes sociais, mesmo estando do outro lado do planeta. Assim, muitos acompanharam seu progresso naquele país.

 

Eduardo com o grupo de dança

Eduardo com o grupo de dança

 

Mesmo assim, sua ascensão foi surpreendente e, pelo vínculo de amizade, emocionante. “Chorei enquanto assistia sua apresentação no Kayo Hall (tradicional programa musical da NHK)”, foi a reação em uníssono de várias pessoas que o assistiram. E ele sabia disso no Japão, graças às redes sociais. “Quando entrei naquele palco, pela primeira vez, diante de 3 mil pessoas, senti muita energia vindo do Brasil, torcendo por mim… sabia disso!”, contou emocionado. “Assim, dei o máximo de mim para essa apresentação, relembrando tudo o que passei para chegar aonde cheguei”, suspirou. Eduardo já se apresentou pela segunda vez no programa.

Tudo isso acabou criando, também para ele, uma grande expectativa em relação a esse reencontro no Brasil. No coquetel de recepção, oferecido na véspera do show, e ainda sob efeito do fuso horário, Eduardo admitiu que “a ficha não havia caído”. Para ele, uma das passagens marcantes no país foi ainda no Aeroporto Internacional de Guarulhos quando viu “aquela turma dos amigos da NAK com uma enorme faixa”. “Foi demais para mim”, completou emocionado.

 

O cantor com o professor Akihisa Kitagawa e a presidente do INB, Yochimi

O cantor com o professor Akihisa Kitagawa e a presidente do INB, Yochimi

 

Reencontro – A vinda de Eduardo se deve ao Instituto NAK do Brasil (INB), presidida por Yochimi Kitagawa, mas se concretizou pelo fato de ainda estar em início de carreira porque, conforme o empresário deixou claro, devido à agenda; por influência de seu formador e padrinho artístico, o professor Akihisa Kitagawa, que tem forte vínculo com a NAK (National Amateur Kayou), poderosa entidade do mercado musical japonês; e pelo patrocínio da Paradise Golf & Convention, de Fumio Horii, simpatizante da música, além do golfe.

A curta programação de Eduardo no Brasil se restringiu a um coquetel de recepção; ao concerto inserido especialmente no Festival de Encontro da Música e Dança Japonesa; e ao Show Eduardo Sayonara Concert, em Mogi das Cruzes.

 

Eduardo cumprimenta o cônsul geral do Japão em São Paulo

Eduardo cumprimenta o cônsul geral do Japão em São Paulo

 

O sólido vínculo de relacionamento criado por essa convivência no karaokê antes de deixar o Brasil é que tem tornado suas movimentações por aqui, apesar de cansativas, muito alegres, dinâmicas e emocionantes, dando-lhes, sempre, um clima de reencontro de amigos após longa data. Por isso, em todas, era comum ver cenas de choro ou de roçar dos olhos, como já ocorreu no aeroporto, no primeiro reencontro com o grupo responsável, e de amigos, do INB que trouxeram uma faixa “Bem vindo, Eduardo”.

O mesmo ocorreu no coquetel de recepção realizado na residência de Yoshino Mabe, com a presença de 60 amigos convidados, que chegaram muito antes como se planejado tivesse sido. Mas não. O ensaio atrasou a comitiva. As cenas se repetiram aos que pela primeira vez o reencontrava, assim como da parte dele. E com mais tempo, mas nem tanto, devido ao show no dia seguinte, puderam então conversar.

A mãe, Natsue Yoshikawa, estava felicíssima. “Foram cinco anos, mas agora parece que foi rápido demais. Só eu sei o quanto mereceu para chegar aonde chegou”, disse. “Fiquei quase seis anos sem vê-lo, mas daqui acompanhava-o todos os dias. Como conhecia sua implacável luta em relação ao que deseja, sabia que seria uma questão de tempo, apenas”, afirmou o orgulhoso pai, Antônio Eduardo Ferreira.

 

Cantor foi homenageado pelo deputado estadual Jooji Hato

Cantor foi homenageado pelo deputado estadual Jooji Hato

 

Homenagens – E veio o grande dia, mesmo com o Eduardo Special Concert como parte integrante de um grande e versátil festival de música e dança japonesa composta por 20 cantores do INB e apresentação de grupos, brasileiros e japoneses, de dança Nihon Buyô que superlotou o grande auditório do Bunkyo.

A chegada do cantor ao palco só não foi espetacular porque ocorreu em um momento formal, na cerimônia de abertura oficial em que teve até homenagens por parte da Assembleia Legislativa (SP) aos três especiais do dia (Shinnai Shikôdayu, Satomi Kôke e Eduardo), pelas mãos do deputado Jooji Hato.

O evento em si foi de alto nível não apenas por parte dos representantes japoneses da dança como também dos brasileiros formado apenas por professores de dança e o público em geral que repercutiu com aplausos e comentários às performances deles. O festival em si foi patrocinado pelo Consulado Geral do Japão em São Paulo, cujo cônsul, Takahiro Nakamae, esteve presente.

O concerto de Eduardo, que não foi a última atração do dia, foi emocionante do começo ao fim, desde sua entrada ao palco gritando “Brasil”, até o auge quando cantou a música com a qual debutou, Haha Kizuna, uma homenagem à mãe e um retrato de sua vida, em que grande parte do público o assistiu chorando.

Outro momento muito emocionante, um pouco antes, ocorreu quando desceu do palco para cantar junto ao público, propício para rever conhecidos de perto e poder abraça-los. A emoção foi de ambas as partes, o que deixava o empresário em polvorosa, preocupado para que nada ocorresse ao seu cantor.

 

Fãs lotaram o Grande Auditório do Bunkyo em São Paulo

Fãs lotaram o Grande Auditório do Bunkyo em São Paulo

 

Em Mogi – Em clima interiorano, literalmente, e, portanto, em ambiente caseiro e aconchegante, no tradicional teatro local, Theatro Vasques de Mogi das Cruzes, Eduardo encerrou sua curta estada no Brasil. O show, que teve a cobertura da Globo local e foi divulgado no site da prefeitura, contou a presença do secretário da Cultura, Mateus Sartori, representando o prefeito Marco Aurélio Bertaiolli e um público ocupando todos os seus 350 lugares.

A abertura se deu com uma apresentação da cantora local, Mari Nishimura. Assim como em São Paulo, Eduardo voltou a emocionar o público com sua voz, história e simpatia, principalmente quando desceu do palco para cantar com ele, mas também na hora dos autógrafos.

No dia seguinte, Eduardo partiria de volta ao Japão onde tem agenda cheia a cumprir.

 

 

 

 

(Silvio Sano, especial para o Jornal Nippak)

 

 

SILVIO SANO

SILVIO SANO

é arquiteto, jornalista e escritor.

E-mail: silvio.sano@yahoo.com
www.nikkeypedia.org.br/index.php/Silvio_Sano
SILVIO SANO

Últimos posts por SILVIO SANO (exibir todos)

    Related Post

    CIDADES/ATIBAIA: 32ª Festa de Flores e Morangos de...   O potencial agrícola de Atibaia, responsável por aproximadamente 25% de toda a produção nacional de flores e considerada também uma grande p...
    TRADIÇÃO: Hatsugama 2013 – o Primeiro Prepar... O CHADO Cerimonial do Chá é uma das mais tradicionais artes japonesas, com 500 anos de prática no Japão e divulgada internacionalmente. No Brasil fo...
    SEMANA CULTURAL JAPONESA 2015 – COMEMORAÇÃO ... A Associação Nipo-Catarinense, o grupo Nipocultura e o Consulado Geral do Japão (Curitiba) convidam todos a participar do eventoSemana Cultural Japone...
    ESPETÁCULO: Yutate Golden Show 2012 une música, ta... O Yutate Golden Show 2012 – Aki no Kayou Matsuri – “Uma Super Produção Nobuo Matsuoka”, acontece neste domingo (27 de maio), no Grande Auditório do Bu...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *