SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: DELAÇÃO PREMIADA

Antigamente, não muito tempo atrás, era conhecida como dedo-duro. Gente de bem mantinha-se longe. Hoje, vulgarizou-se tanto que até atinge a elite do país, pelo que se lê nos noticiários.

Nos filmes de faroeste, dedurar algum companheiro do banditismo, era indesculpável. Pior que ser ladrão de cavalos. Morria.

Já nos filmes de mafiosos, não se matavam os dedos-duros. Simplesmente, cortavam a língua.

Hoje, já convivemos pacificamente com isso. Nada nos surpreende. Louvável foi a atitude do tesoureiro de um partido político, envolvido no tal de mensalão. Pegou alguns anos de prisão mas não dedodurou ninguém.

 

SHIGUEYUKI YOSHIKUNI

SHIGUEYUKI YOSHIKUNI

Jornalista e escritor

Membro da Academia Linense de Letras
SHIGUEYUKI YOSHIKUNI

Últimos posts por SHIGUEYUKI YOSHIKUNI (exibir todos)

     

    Related Post

    AKIRA SAITO: AVENTURA NO JAPÃO – PARTE 2 Esta semana visitei em Asakusa, na parte mais antiga de Tokyo, alguns pontos turísticos como o rio Sumida, o imenso Templo Senso-ji, com a enorme rua ...
    SILVIO SANO > NIPÔNICA: ORGULHO… DO QUÊ?! Mais uma reportagem, reflexo de nosso país, chamou-me a atenção na semana passada e que me remeteu ao Japão e a países desenvolvidos... se bem que, co...
    SILVIO SANO: FELIZ ANO NOVO… AGORA, VAI?!   O querido leitor não imagina o quão sacrificante é escrever artigos rigorosamente periódicos. Não, não estou já arranjando desculpa apro...
    SILVIO SANO > NIPÔNICA: O mau exemplo de cima, do ... Os leitores desta Nipônica e os que me acompanham nas redes sociais sabem de meu forte vínculo com o karaokê dentro da comunidade nipo-brasileira e, b...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *