SUMÔ: Campeonato Brasileiro deve reunir cerca de 300 atletas no Bom Retiro

A Confederação Brasileira de Sumô realiza neste fim de semana (25 e 26), no Ginásio de Sumô do Centro Esportivo e Cultural Brasil-Japão, no Bom Retiro, o 54º Campeonato Brasileiro e o 18º Campeonato Brasileiro Feminino. Devem participar atletas de São Paulo, Pará, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro.

 

Luciana Watanabe, que disputará o Campeonato Mundial: “Ainda quero ser campeã mundial”  (Foto: Facebook / Luciane Watanabe)

Luciana Watanabe, que disputará o Campeonato Mundial: “Ainda quero ser campeã mundial” (Foto: Facebook / Luciane Watanabe)

 

As competições, que começam por volta de 8h30 nos dois dias, devem reunir cerca de 300 atletas, entre homens e mulheres. Trata-se de uma oportunidade para conferir o desempenho dos atletas que representarão o país nos Campeonatos Sul-Americano e no Mundial.

O primeiro compromisso será na colônia de Pirapó, no Paraguai, onde será disputado o 20º Campeonato Sul-Americano, que acontece na primeira semana de agosto,  O evento faz parte das comemorações dos 55 anos de desenvolvimento da colônia. Localizada no Departamento de Itapuá, Pirapó foi fundada em 1960 pela então Nihon Shinko Kaigai Kabushiki Gaisha, atualmente conhecida como Jica (Japan International Agency Cooperation).

A equipe foi definida com base nos resultados dos Campeonatos Brasileiros Masculino e Feminino do ano passado. Entre os homens estão classificados: Paulo Kubagawa (Grande ABC) e Gentilton Tiburcio (Sudoeste), campeão e vice, respectivamente, da categoria Leve; Ricardo Aoyama (Nova Central) e Ted Barbirato (Sudoeste), da Médio; Willian Takahiro Higuchi (São Paulo) e Julio Cesar Vieira (Sudoeste), da Pesado; e Rui de Sá Junior (Paraná) e Alan Galvão (Sudoeste), da Absoluto. No feminino garantiram vaga: Luciana Watanabe (Nova Central) e Jessica Telles (Sudoeste), campeã e vice, respectivamente, da categoria Leve; Fernanda Rojas (Sudoeste) e Cristiane Sakashita (Sudoeste), da Médio; Ana Claudia Gomes (Norte) e Isis Albuquerque (Sudoeste), da Pesado; e Dorotéia da Costa (Sudoeste) e Fernanda Rojas (Sudoeste), campeã e vice da Absoluto.

Já os 20º Campeonato Mundial, 11º Campeonato Mundial Feminino, 13º Campenato Mundial Junior e 5º Campeonato Mundial Feminino Junior, estão marcados para os dias 29 e 30 de agosto, no Sakai Ohama Park Sumo, em Osaka, no Japão. A seletiva que definiu os representantes brasileiros foi realizada em abril, no Bom Retiro. Na categoria Junior se classificaram: Manoel Panissa, categoria leve, do Paraná; Yuuki Ramos Sato, médio, do RS; Victor Camargo Espírito Santo, pesado, da Norte; e Victor Freitas, absoluto, da  Sudoeste. No feminino: Victória Trajano, leve, da Sudoeste; Camila Fukushima Vaz, médio, da Sudoeste; Sarah Luiza Gomes, pesado, da Nova Central; e Jéssica Arlene, absoluto, da Sudoeste.

Na categoria Adulto, a equipe masculina será formada pelo leve Zenhiti Kubagawa (ABC), pelo médio Victor Pastrelo (Sudoeste), pelo pesado Ruy Aparecido de Sá Junior (PR) e pelo peso absoluto Yoshihiro Higuchi (São Paulo). No feminino, carimbaram seus passaportes a leve Luciana Watanabe (Nova Central), a médio Fernanda Rojas (Sudoeste), a pesado Ana Cláudia Gomes (Norte) e a absoluto Dorotéia da Costa (Sudoeste).

 

Equipe da Sudoeste é mais uma vez favorita ao título por equipe

Equipe da Sudoeste é mais uma vez favorita ao título por equipe

 

Almoço – Uma das mais experientes do grupo, Luciana Watanabe aguarda o Campeonato Brasileiro com ansiedade. Dona de 12 títulos nacionais, Luciana conta que desta vez será “um pouco diferente” pois, além de competir, estará desempenhando também a função de treinadora. Explica-se. Ela levará alunos do projeto “Lutas como forma de educação”, no qual ensina sumô em escolas da rede municipal de Suzano.

Aos 30 anos de idade, Luciana afirma que pretende lutar até onde der, “mas o corpo já começa acusar os golpes”. “A gente já começa a sentir o impacto, até para segurar a adversária se torna mais difícil”, revela a lutadora, que é formada em Educação Física. Mas, por enquanto, Luciana ainda tem muita lenha para queimar. E pretende aproveitar o que o sumô ainda pode proporcionar.

“Meu objetivo ainda é ser campeã mundial”, revela ela, que conquistou três medalhas de bronze em Mundiais. Além de competir, Luciana também divide o que aprendeu com os mais novos. “Tento passar qual estilo de luta que predomina em cada país. Essa união é muito importante pois cria-se um laço de amizade muito forte”, destaca ela, que para poder disputar o Mundial teve que vencer adversários fora do dohyo.

É que, mais uma vez, o custo das passagens teve que ser bancado pelas associações e atletas. No caso de Luciana, a busca de recursos incluiu um almoço com bingo realizado no último dia 19, no Ginásio Paulo Portela, em Suzano. A iniciativa contou com apoio das Secretarias Municipais de Educação e de Esportes, além da Prefeitura local.

“Foi bom, não deu para arrecadar tudo que precisamos mas já deu para ajudar”, explicou ela, que aposta em bons resultados no Mundial. “Estamos treinando forte sob a supervisão do Yoshinobu e a expectativa é medalhar”, destaca Luciana.

(Aldo Shiguti)

 


 

 

54º Campeonato Brasileiro, 18º Campeonato Brasileiro Feminino

Quando: Dias 25 e 26 (sábado e domingo), a partir das 8h30

Onde: Ginásio de Sumô do Centro Esportivo e Cultural Brasil-Japão (A. Presidente Castelo Branco, 5446 – Bom Retiro)

Entrada franca

 

 

 

Related Post

NIPPAK PESCA: Spot Com Sat & Zimarine Teak Sp... Duas empresas sólidas, bem estruturadas, com produtos diferenciados, formalizam parceria para propiciar um atendimento ainda mais eficiente. Divulg...
RIBEIRÃO PRETO: 22ª edição do Festival Tanabata es...   A Associação Cultural Japonesa de Ribeirão Preto e a Associação Nipo-Brasileira de Ribeirão Preto, com apoio da Prefeitura Municipal de Ribe...
BRASIL-JAPÃO: George Hato destaca importância de v... A convite do governo do Japão o vereador George Hato (PMDB) foi um dos políticos que embarcou para o Japão no último dia 18 para uma missão oficial ba...
BAIRRO ORIENTAL: Prefeitura define prazos para tér...   Acostumado a receber grandes acontecimentos da comunidade nipo-brasileira e autoridades japonesas, o Bunkyo – Sociedade Brasileira de Cultur...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *