VINHEDO: Acenvi anuncia novidades para a 7ª edição do Festival do Japão

A Associação Cultural e Esportiva Nikkey de Vinhedo (Acenvi) realiza de 13 a 15 deste mês, no Parque Municipal Jayme Ferragut, a sétima edição do Festival do Japão. O evento, que conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Vinhedo, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, terá muitas novidades este ano. A começar pelo tempo de duração, que ganhou um dia a mais – a sexta-feira – e no sábado, mais cinco horas – antes terminava às 17 horas e este ano foi estendido para as 22 horas.

 

Foto: divulgação

Foto: divulgação

 

Isto porque, segundo o presidente da Acenvi, Mitio Kobayashi, a festa cresce a cada ano. No ano passado, o Festival recebeu cerca de 22 mil visitantes.

Este ano, com cerca de nove horas a mais, a expectativa é atrair um público entre 25 e 30 mil pessoas. Não à toa, a festa – que já está inserida no Calendário de Eventos do Município, numa iniciativa da vereadora Marta Leão (PSB) – já é considerada a terceira maior da cidade, ficando atrás apenas da tradicional Festa da Uva – que este ano chegou a sua 55ª edição – e do Encontro Nacional de Motociclistas de Vinhedo.

Apesar de coincidir com outra Festa da Uva, a de Louveira – que terá início no mesmo fim de semana da realização do Festival – Kobayashi explica que a concorrência não chega a atrapalhar. “Já conquistamos um público fiel e seleto”, conta Kobayashi, lembrando que, pela distância que separa a capital paulista de Vinhedo – são apenas cerca de 75 km – muitos paulistanos acabam se deslocando até a região atraídos, também, pela tranquilidade e belezas naturais.

 

Grupo Awa Odori Represa, uma das atrações do ano passado, também estará presente em 2016. Foto: divulgação

Grupo Awa Odori Represa, uma das atrações do ano passado, também estará presente em 2016. Foto: divulgação

 

Programação – “Também costumamos receber caravanas de Campinas e outras cidades vizinhas”, conta Kobayashi, acrescentando que uma das preocupações dos organizadores refere-se à programação. “Procuramos diversificar as atrações, convidando grupos da Capital e também da região”, explica, antecipando que este ano uma das atrações será a presença da cantora internacional Mariko Nakahira, cuja apresentação está marcada para às 17 horas de sábado (14). O Grupo de Teatro Kagura é outra novidade.

No local haverá venda de comidas típicas, feira de produtos artesanais e artigos importados, além de uma vasta programação cultural, como apresentação de dança, artes marciais, karaokê e o tradicional taiko.

Também está prevista a execução dos hinos nacionais do Japão e do Brasil pela corporação de Vinhedo. Já a área de alimentação, outro atrativo da festa, terá pratos típicos japoneses e brasileiros.

“Felizmente, o resultado tem sido bastante positivo”, afirma Kobayashi, lembrando que a semente que deu origem ao Festival do Japão foi a 1ª Mostra Brasil-Japão, realizada no Memorial do Imigrante Italiano em 2008 por ocasião das comemorações do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil. A primeira edição do Festival do Festival do Japão, no modelo atual, foi realizado em 2010.

 

Número de visitantes cresce a cada ano que passa. Foto: divulgação

Número de visitantes cresce a cada ano que passa. Foto: divulgação

 

Solidariedade – Este ano, além da crise financeira pela qual passa o país – e que acaba afetando a realização de muitos eventos – Kobayashi destaca que outra dificuldade é mobilizar os voluntários. “A comunidade nipo-brasileira em Vinhedo é pequena, com cerca de 150 famílias e quem acaba tomando a frente da organização são umas dez pessoas”, explica. Assim mesmo, ressalta, é um evento que tem crescido a cada ano com apoio da Prefeitura. “Este ano, por exemplo, o prefeito queria que fizéssemos o festival em dois finais de semana, mas por enquanto achamos melhor aumentarmos apenas um dia a mais”, diz Kobayahi, lembrando o Festival também tem um cunho social. “Vamos doar duas cadeiras de rodas para entidades assistenciais da cidade e, no dia, estaremos arrecadando alimentos, como arroz e feijão, que também serão doados para a Confraria José”, explica Kobayashi.

 

Parque Jayme Ferragut recebe os grandes eventos de Vinhedo. Foto: divulgação

Parque Jayme Ferragut recebe os grandes eventos de Vinhedo. Foto: divulgação

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

     


     

    7º Festival do Japão de Vinhedo

    Quando: De 13 a 15 de maio. Sexta, das 18h às 22h. Sábado (14), das 10h às 22h; e domingo (15), das 10h às 17h

    Onde: Parque Municipal Jayme Ferragut, localizado na Avenida Apparecida Tellau Seraphim, s/nº, Portal

    Informações pelo telefone: 19/3876-5027 ou 3876-2010

     

     


     

    7º FESTIVAL DO JAPÃO DE VINHEDO

    DIA 13 (SEXTA)

    18H30: Luiz Yabiku

    19H: Taiko – Angelaisa

    19H30: Show – Andre Luiz Arakaki

    20H: Show – Sérgio Tanigawa

    20H30: Show – Angelaisa

    21H: Kenjutsu – Arte Da Espada Do Samurai ( A Confirmar)

    21H30: Soran

    22H: Encerramento

     

    DIA 14 (SÁBADO)

    12H: Radio Taisso

    12H15: Kenko Taisso

    12H30: Taiko – Jundiaí

    13H: Coral Vista Alegre – Conviva

    13H30: Grupo Todos Nós – Pedro Mizutami

    14H: Cerimônia de Abertura / Banda Sinfonica de Vinhedo

    14H40: Karatê-Dô – Country Clubvalinhos

    A cantora Mariko Nakahira

    A cantora Mariko Nakahira

    15H: Grupo Zeni Daiko / Kassa Odori – Saúde

    15H30: Rafael Yassunaga

    15H45: Grupo Kumamoto Melody Dance

    16H: Taiko- Jundiaí

    16H30: Show Eduardo Ishi

    16H40: Grupo Aikido

    17H: Show Cantora Mariko Nakahira  – Japão

    17H40: Dança Salão . Prof. Edvaldo

    18H: Show  Yuubi – Japanese Dance Company

    19H: Show Teddy Shigueyama

    19H30: Show Marcelo Akamine

    20H: Show Eduardo Ishi

    20H10: Show Luiz Yabiku

    20H30: Show de Magia e Ilusionismo – Ossamá Sato

    21H10: Show Sergio Tanigawa

    21H30: Taiko Angelaisa – Jovens

    22H: Encerramento

     

    DIA 15 (DOMINGO)

    11H: Banda  Kowashite  Rocks

    Grupo Awa Odori. Foto: divulgação.

    Grupo Awa Odori. Foto: divulgação.

    12H: Taiko – Okinawa

    12H30: Show Sergio Tanigawa

    13H: Grupo Awa Odori

    13H30: Eduardo Yoshimoto/Marcio Galvão

    14H: Kassa Odori – São Miguel Paulista

    14H30: Kung Fu – Valinhos

    15H: Grupo  Kagura

    15H45: Marcelo Akamine

    16H: Shamissen

    16H30: Ishin

    17H: Taiko Okinawa

    17H30: Encerramento

     

    *Programação sujeita a alteração sem aviso prévio

     

     

    Related Post

    BONSAI: 1ª Expo Arte Viva Brasil” acontece em São ...   O Instituto de Engenharia de São Paulo recebe nos dias 31 de agosto, 1 e 2 de setembro, um evento que paralelamente já abriga grandes aconte...
    HAICAI BRASILEIRO O Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô...
    WORKSHOP: Fundação Japão promove oficina de Kakizo...   Venha preparar a sua primeira escrita do ano - arte tradicional no Japão que orientará as suas metas e desejos para 2014     ...
    RIO DE JANEIRO: Comunidades do Cantagalo e Pavão-P... Numa iniciativa do jornal Nikkey Shimbun, estudantes de comunidades carentes do Rio de Janeiro receberam a exposição “Do Monte Fuji ao Pão de Açúcar”....

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *